Colunista Roberto Notícia

  • Servidores indignados com ameaça do governo Ricardo Coutinho atrasar salário

    18/09/2017

     Servidores estaduais reagiram com indignação à ameaça do Governo do Estado de atrasar salário caso não reverta decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que estendeu a Bolsa Desempenho da Polícia Militar aos inativos da corporação.

     

    A reação pode ser vista nos comentários que diversos funcionários fizeram à matéria publicada ontem por este blog, trazendo declarações do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, sobre as consequências da decisão do TJPB que, segundo ele, o governo não tem condições financeiras de implantar.

    Entre os servidores que se manifestaram, alguns acreditam que a suposta economia com a não implantação do benefício para os reformados da PM é pretexto, desculpa ou meio de a atual gestão fazer caixa para a campanha eleitoral do próximo ano.

    “Essa conversa de que vai faltar dinheiro para outros gastos é manobra para sobrar dinheiro para a próxima eleição. O Estado tem sim condições de igualar os vencimentos dos PMs inativos com os ativos. Isso sempre aconteceu e sempre os reformados ganhavam mais do que os da ativa, mesmo quando o efetivo da PM era maior do que o de agora. Basta boa vontade e respeito a quem deu o sangue pela sociedade paraibana”, escreveu João Pedro.

    Por sua vez, Geraldo Ramos acredita que se o atraso no pagamento de salários vier a se concretizar será por pouco tempo. “Afinal, ano que vem haverá eleição e já está mais do que na hora de a população se conscientizar da necessidade de destronar governos ditadores, enganadores e mentirosos”, observou.

    Na mesma linha de raciocínio e expectativas, Josafá adverte: “O governador pensa que os reformados não têm valor pra nada mais, depois que votaram nele, mas esquece que a política vem aí e ele que me aguarde”. Monteiro, outro servidor, acrescenta: “2018 vem logo ali!”.

    “Terrorismo judicial”

    Outros funcionários do Estado entendem que a ameaça de atrasar salário nada mais é que mais uma forma de o governo intimidar o Poder Judiciário estadual, que não teria força para fazer com que o governador cumpra as decisões de juízes e desembargadores.

    “A Justiça perdeu a força, não tem poder para mandar o governador cumprir a lei”, critica Inaldo, concordando com Ricardo, para quem “ele (o governador) faz isso para desmoralizar o Judiciário, para mostrar quem manda”, lembrando que os PMs paraibanos recebem o pior salário do país e foram enganados na campanha de reeleição de Ricardo Coutinho, que prometeu pagar ‘risco de vida’ e Bolsa Desempenho aos inativos da corporação.

    Por essas e outras, Vamberto entende que a atitude do governo é uma “uma falta de respeito às decisões da Justiça” e garante que “os espíritos do mal estão mesmo na Paraíba, neste momento”, enquanto José acusa o “procurador particular de Ricardo Coutinho” (refere-se a Gilberto Carneiro) de praticar o que chama de “terrorismo judicial”, pois só saberia “recorrer, apelar, procrastinar, descumprir ordem judicial, revogar veredito de causa transitada e julgada e burlar a Constituição com codificados e terceirizados em setores essenciais do serviço público”.

    Por fim, vem Ronaldo e recomenda ao governo parar de gastar com propaganda, cortar salários de aspones bajuladores, abastecer veículos oficiais com etanol e colocar energia solar fotovoltaica nas repartições públicas estaduais. Com isso, sobraria dinheiro para pagar direitos conquistados pelo funcionalismo público e cumprir promessas de campanha.

    Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

     http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

    Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

     

    Da Redação com Roberto Noticia  e Rubens Nóbrega

  • Wilson Filho reafirma que disputará reeleição e garante PTB na chapa majoritária com Wilson Santiago em 2018

    18/09/2017

     O deputado federal Wilson Filho (PTB) revelou que o PTB já está se organizando com foco nas eleições de 2018. O deputado afirmou que partirá para reeleição de um cargo no Congresso Nacional, enquanto Wilson Santiago (PTB) vai representar o partido na chapa majoritária.

     

    “Já está bem encaminhando internamente dentro do PTB, e outros grupos políticos, que a intenção é a minha reeleição para deputado federal, e a participação do PTB com o nome de Wilson Santiago na majoritária”, afirmou Wilson Filho ao Blog do Gordinho.

    Porém, Wilson não define estratégias para a participação da sigla na chapa encabeçada pelo PSB. “Só em abril uma chapa poderá ser formada. Vamos aguardar, mas tenho certeza que o PTB estará na chapa [majoritária]”, garantiu.

    Ainda conforme Wilson Filho, o PTB está se organizando em cada região da Paraíba visando lançar uma candidatura regional, que segundo ele, seria “para montar uma base que seja possível a eleição de um número maior de deputados estaduais”.

    O PTB, ao lado do PSB, foi um dos partidos que mais cresceram no estado – com prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e número de filiados -, de acordo com o deputado. “Então o PTB tem nome e tamanho para fazer parte da chapa majoritária. Vamos aguardar. O tempo vai permitir que no tempo certo as coisas aconteçam”, finalizou.

    Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

     http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

    Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

     

    Da Redação com Roberto Noticia  

  • ELEIÇÕES 2018 - Gestão à frente da Câmara de João Pessoa projeta Marcos Vinicius para voos mais altos

    18/09/2017

     A verdade é que o vereador Marcos Vinicius imprimiu uma nova dinâmica à frente da Câmara de João Pessoa. Sob sua gestão, a Casa adquiriu independência, apesar da harmonia que mantém com o Executivo e, passou a polarizar debates que há muito o Legislativo não pautava. Por fim, recuperou o prestígio da Casa, não apenas na Capital, como no Estado e até no País.

    Ao longo de 2017, Marcos Vinicius implantou e modernizou sistemas que dinamizaram o funcionário da Câmara, a exemplo do aplicativo Mudamos, manteve entendimentos com autoridades do Congresso Nacional para o estabelecimento de parcerias, inclusive para capacitação de parlamentares e servidores, levou a Câmara para os bairros e, em suma, profissionalizou efetivamente o funcionamento do Legislativo.

    No paralelo, Marcos Vinicius estabeleceu uma pauta nacional com personagens como a ministra Carmem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, e senadores como Cristovam Buarque, Paulo Paim e Cássio Cunha Lima, dentre outros, além de deputados federais e juristas de renome como Marlon Reis, o que conferiu um prestígio como há muito um presidente da Câmara não experimentava no Estado.

    Na verdade, o vereador, que antes era mais conhecido pela habilidade política e o trabalho de bastidores, surpreendeu nesses primeiros meses de mandato. Fez a Câmara crescer aos olhos da opinião pública, e cresceu junto. Resultado: passou a ser peça importante para as próximas eleições, é inegável. Seja como candidato, ou apenas como eleitor, não será possível desconhecer seu peso.

    Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

     http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

    Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

     

    Da Redação com Roberto Noticia e Helder Moura 

Anterior - (1) 2 3 4 - Próxima