Colunista Roberto Notícia

  • Globo quer derrubar Bolsonaro antes que Bolsonaro derrube Globo

    20/01/2019

    Por Alex Solnik

    Bolsonaro fez a escolha errada ao declarar guerra à Globo logo no início do governo, ameaçando limar as milionárias verbas publicitárias e o famoso BV. Não se cutuca onça com vara curta. Bolsonaro tem nem um mês como presidente e a Globo tem know-how de fazer e derrubar presidentes há 53 anos.

    A família Marinho não tem mais a mesma inserção política dos tempos do dr. Roberto, que convivia com os donos do poder, mas, por uma questão de sobrevivência não terá outra opção senão partir para cima de Bolsonaro.

    Ou ela derruba – ou ao menos enfraquece – Bolsonaro antes que ele se torne o rei do Brasil ou Bolsonaro derruba a Globo com a ajuda da Record, do SBT e principalmente da CNN Brasil.

    Essa, por sinal, foi a terceira cutucada na onça. Como sabem os que conhecem o mundo animal, uma onça acuada é muito mais perigosa.

    Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

    http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

    http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

    Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.  

    Da Redação com Roberto Noticia  

  • Charge do Dia

    20/01/2019

  • Governo estuda pagar abono do PIS só para quem ganha até um salário mínimo

    20/01/2019

     A equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro analisa restringir o acesso ao abono salarial para poupar recursos públicos, afirmaram três fontes
    ouvidas pela Reuters nesta quinta-feira.

    Segundo uma das fontes, a proposta com mais chances consiste
    em que o benefício fique restrito a quem ganha até um salário
    mínimo. Hoje, essa linha de corte é para quem recebeu, em média,
    até 2 salários mínimos mensais. A mudança poderia render uma
    economia de 7 bilhões a 9 bilhões de reais por ano, disse a
    fonte, que pediu para não ser identificada.

    O abono consiste no pagamento de um salário mínimo a cada
    ano ao trabalhador, para suplementação de renda segundo
    critérios legalmente estabelecidos. No Orçamento de 2019, estão
    previstos 19,2 bilhões de reais para o benefício.

    Uma segunda fonte apontou, também em condição de anonimato,
    que a mudança no abono tem "grande chance de ser proposta", mas
    lembrou que demanda alteração constitucional tal qual a reforma
    da Previdência, o que tende a dificultar sua tramitação no
    Congresso Nacional.

    No fim do ano passado, o Ministério da Fazenda já havia
    avaliado que o abono representava um programa que beneficiava
    população distante da pobreza extrema, por contemplar indivíduos
    empregados e no setor formal da economia.

    Em documento sobre os desafios para o novo governo, o time
    econômico do então presidente Michel Temer sugeriu o fim do
    benefício para controle dos gastos públicos.

    Em outro estudo, a Fazenda calculou que a limitação do abono
    aos que ganham até um salário mínimo levaria a uma economia
    anual crescente, que chegaria a 18 bilhões de reais em 2022.
    "Tal programa é anacrônico e mal focalizado.

    Foi instituído
    pela Constituição de 1988, antes da construção da ampla rede de
    proteção social hoje existente. O seu foco em trabalhadores do
    setor formal é inadequado, visto que o cerne do problema social
    está nos desempregados e trabalhadores informais", argumentou o
    ministério à época.

    Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

    http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

    http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

    Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

     

    Da Redação com Roberto Noticia  

Anterior - (1) 2 3 4 - Próxima