João Azevêdo autoriza licitação para construção de Escola Integral, Restaurante Popular e visita obras em Cajazeiras

Por Redação Por Redação - 29/07/2021 16:58
Ao todo, serão disponibilizados 552.200 almoços por mês, em 83 municípios, totalizando investimentos próprios do tesouro estadual que somam, inicialmente, mais de R$ 13,2 milhões. (Foto: reprodução)
Ao todo, serão disponibilizados 552.200 almoços por mês, em 83 municípios, totalizando investimentos próprios do tesouro estadual que somam, inicialmente, mais de R$ 13,2 milhões. (Foto: reprodução)

 O governador João Azevêdo assinou, a ordem de serviço no valor de R$ 1,65 milhão para implantação do Restaurante Popular e a ordem de licitação para a construção de Escola Cidadã Integral com 12 salas de aula, onde serão investidos aproximadamente R$ 7,3 milhões, em Cajazeiras, no Sertão paraibano. O gestor também acompanhou o início da distribuição das 400 refeições diárias pelo programa Tá na Mesa, entregou o tomógrafo do Hospital Regional e visitou as obras da quarta adutora. 

“Cumprimos agendas importantes no Sertão para constatar o andamento de ações e obras. Temos muitos investimentos na região porque o nosso objetivo é melhorar a qualidade de vida das pessoas, assegurar assistência em saúde e social, promover desenvolvimento e impulsionar a economia, com a geração de emprego e renda”, frisou. 

Adutora de Cajazeiras - Nas obras estão sendo investidos R$ 15,4 milhões de recursos próprios do estado. Estão sendo construídas adutora e subadutoras de água tratada e 90,83% dos serviços já foram executados. Já na ampliação do serviço de abastecimento de água da cidade serão injetados recursos na ordem de R$ 6 milhões. O projeto está em fase de licitação. 

“Essa obra vai resolver a questão do abastecimento de água de Cajazeiras. Uma parte da população já está sendo beneficiada porque nos primeiros 14 quilômetros ela já está em operação e estamos na reta final com previsão dela ser concluída até o final do ano e vamos investir na expansão da rede”, explicou o governador João Azevêdo. 

Tá na Mesa - O programa foi iniciado hoje no município e estão sendo fornecidas 400 refeições diárias ao preço simbólico de R$ 1,00.  A iniciativa do Governo do Estado tem o objetivo de promover assistência alimentar aos segmentos mais vulneráveis da população e de fomentar as economias locais, com a contratação de restaurantes dos municípios contemplados para o fornecimento das marmitas.

Ao todo, serão disponibilizados 552.200 almoços por mês, em 83 municípios, totalizando investimentos próprios do tesouro estadual que somam, inicialmente, mais de R$ 13,2 milhões. O programa visa a distribuição de 250 alimentações diárias nos municípios que possuem entre 10 mil e 20 mil habitantes e de 400 refeições em municípios acima de 20 mil habitantes. 

João Azevêdo destacou a importância da iniciativa do governo para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social e de injetar recursos na economia local. “O governo chega com assistência social neste momento em que o país enfrenta o desemprego e a fome e o programa Tá na Mesa associado ao Restaurante Popular oferecem segurança alimentar para a população mais carente”, frisou. 

“São várias iniciativas que o governo tem adotado na área da segurança alimentar. Só este ano, estaremos investindo aproximadamente R$ 100 milhões nesse segmento e o programa Tá na Mesa vai abrir alas para o Restaurante Popular que vai disponibilizar mil refeições em Cajazeiras”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira. 

O programa foi aprovado pela dona de casa Lucineide de Souza. “Eu achei muito legal porque tem gente que não tem um grão de arroz para colocar no fogo e essa ação está sendo importante para mim e para muita gente. Eu gostei bastante do Tá na Mesa”, celebrou.

Hospital Regional de Cajazeiras - No local foi entregue um tomógrafo de 16 canais no valor de R$ 1,2 milhão. O equipamento tem a capacidade de realizar 1.500 exames por mês. Na unidade também foi realizada uma reforma no valor de aproximadamente R$ 300 mil.

O gestor ressaltou a preocupação do estado de qualificar os serviços de saúde nas diversas regiões da Paraíba. “Essa rede de tomógrafo que a Paraíba tem hoje vai evitar o deslocamento, facilitar o atendimento e fazer com que os médicos tenham mais ferramentas para salvar vidas. Nós também estamos ampliando os serviços de hemodinâmica fazendo com que as pessoas se recuperem rapidamente, permitindo com que a saúde da Paraíba alcance outro patamar”, falou João Azevêdo.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que o equipamento irá preencher um vazio assistencial na região. “Os pacientes precisavam ser removidos muitas vezes para realizar uma tomografia do tórax e hoje temos esse aparelho disponível, principalmente, na vigência de uma pandemia em que esse procedimento é essencial para acompanhar a evolução e diagnóstico das pessoas”, enfatizou.

Leia mais notícias no Portal 1001 Notícias.  Acesse: www.1001noticias.com.br

http://www.1001noticiasfm.com/ 

http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/

Siga nossas páginas no YoutubeFacebookTwitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia - Jornalista - DRT 4511/88  

@1001noticias.com.br - @jornalismo - @noticia - @robertonoticia

 

                                                                       

 



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Sindicato nega registro profissional de atriz para Juliette

  • Atacante Hulk doará 10 toneladas de alimentos a instituições em Campina Grande

  • José de Abreu, 75, ganhou uma homenagem no corpo da namorada Carolynne Junger

avançar voltar