Deputado estadual Cabo Gilberto defende o retorno do ex-presidente Lula à prisão

12/11/2019
Segundo o parlamentar, Bolsonaro pode fazer valer a lei da Segurança Nacional justamente para impedir que o Brasil se torne um Chile, uma Bolívia ou até mesmo uma Venezuela
Segundo o parlamentar, Bolsonaro pode fazer valer a lei da Segurança Nacional justamente para impedir que o Brasil se torne um Chile, uma Bolívia ou até mesmo uma Venezuela

 A incitação à violência e a perturbação de toda a ordem pública brasileira devem levar, o quanto antes, o ex-presidente Lula (PT) de volta para trás das grades. A afirmação é deputado estadual Cabo Gilberto, do PSL da Paraíba.

Segundo o parlamentar, Bolsonaro pode fazer valer a lei da Segurança Nacional justamente para impedir que o Brasil se torne um Chile, uma Bolívia ou até mesmo uma Venezuela, que enfrenta grave crise política e econômica, na atualidade, inclusive com registros de violência pelas ruas.

“Infelizmente o ex-presidente Lula perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado. Ele cometeu diversos crimes, incitação a violência, desrespeito às autoridades. Não se pode agir dessa forma. Para se ter uma ideia, o PT, a única vez que essa lei foi utilizado pelo PT foi para prender o soldado, que hoje é deputado na Bahia. O PT adora falar em democracia mas nós sabemos que agem nos bastidores feito uma ditadura. Então, Lula que é condenado em segunda instância, que é condenado em vários processos, pode voltar o quanto antes para a cadeia porque está incitando a violência e uma perturbação de toda a ordem pública brasileira.”, disparou.

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br 

 

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

 

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

 

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11. 

                           

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

 

 

Da Redação com Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88

Com informações de Eliabe Castor




Outras Notícias