Governador João Azevêdo diz que não podia impedir candidatura de aliados, mas vai analisar postura no 2º turno

20/10/2020
Governador João Azevêdo foi o entrevistado do programa Frente a Frente
Governador João Azevêdo foi o entrevistado do programa Frente a Frente

 O governador João Azevêdo (Cidadania) disse, nesta segunda-feira (19), durante o programa Frente a Frente, da TV Arapuan, que não podia impedir o lançamento de candidaturas por partidos aliados e até mesmo a decisão do PDT em apoiar um outro projeto político, mas lembrou que cada legenda vai responder pelos posicionamentos no futuro.

Azevêdo lembrou que o seu grupo político decidiu apoiar a candidatura do ex-senador Cícero Lucena por considerá-lo como o mais preparado na disputa.

Segundo João Azevêdo, não se trata de uma concessão aos partidos, mas uma compreensão da autonomia de cada sigla. “É claro e evidente que dentro dessa escolha você tem que colher o ônus e o bônus, e que cada partido vai responder pelos posicionamentos futuros”, disse.

Para Azevêdo, o atual cenário indica que a disputa será definida em dois turnos, momento em que a postura de cada partido será analisada. “Isso é o pragmatismo da política, após o primeiro turno vamos analisar a postura de cada partido”, afirmou.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia - Jornalista - DRT 4511/88

 

 



Compartilhe:


Outras Notícias