Presidente do PDT Carlos Lupi diz que articulação com Luciano Cartaxo é estratégica: "o futuro da Paraíba passa por essa aliança"

31/10/2020

 Durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta quinta-feira (29), o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que esteve na Paraíba, falou sobre a aliança do partido com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV). A articulação traz novidade ao quadro político das eleições municipais, uma vez que a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), é aliada com o Cidadania do governador João Azevêdo, que apoia a candidatura do Progressistas em João Pessoa, na figura de Cícero Lucena, adversário da chapa apoiada por Cartaxo, de Edilma Freire.

Ele considerou como estratégica a articulação que favorece a chapa de Edilma Freire (PV) - Mariana Feliciano (PDT) na Capital, que no caso ficaria com duas vice, já que atualmente o PDT tem Lígia Feliciano como vice no governo da Paraíba. "Isso fortalece o partido para uma candidatura à presidência da República em 2022" disse. 

O ex-ministro do governo Dilma ainda revelou que o futuro da política paraibana depende dessa aliança. "Na minha opinião o Cartaxo é a principal liderança do Estado. Estamos sendo estratégicos, não só como o tempo de televisão, mas também com a experiência que eles têm. Essa aliança representa o futuro da política na Paraíba", disse. 

Ao falar sobre o apoio ao PV em João Pessoa, Lupi usou o ditado popular para explicar a decisão. "Juntou a fome com a vontade de comer", disse, ao relatar que já era um anseio antigo ter a estratégias de vice nas prefeituras pertencentes ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). 

 



Compartilhe:


Outras Notícias