MOTO G7 PLUS - Motorola lança celular mais potente no Brasil

10/02/2019

 O Moto G7 Plus é o mais recente lançamento da Motorola no país, com o objetivo de substituir o Moto G6 Plus. O novo intermediário premium tem como diferenciais um design mais atual, com direito a notch; câmera com estabilização ótica que previne imagens tremidas, entre outros detalhes de ficha técnica; e carregador que leva a bateria a 100% em menos de uma hora. O telefone tem preço sugerido de R$ 1.899, ficando bem acima do G6 Plus, que desembarcou por R$ 1.599 e atualmente é visto no varejo por valores na faixa de R$ 1.500. Nas linhas a seguir, saiba o que mudou na passagem de gerações.

O novo G7 Plus ganhou um display maior, que dessa vez chega a 6,2 polegadas contra 5,9 polegadas da geração anterior. Outra mudança significativa tem a ver com a proporção da tela e a resolução: nos novos Moto G7 Plus, o display é mais estreito, em formato 19:9, contra o formato 18:9 do G6 Plus. A alteração faz com que a tela Full HD+ do novo modelo tenha 2270 x 1080 pixels, diante dos 2160 x 1080 pixels do modelo anterior.

O resultado é uma densidade de pixels praticamente igual entre os dois: 405 ppi no Moto G7 Plus e 409 para o G6 Plus. As telas seguem IPS LCD nos dois casos.

No design há bastante novidades. O Moto G7 Plus ganhou uma cara mais contemporânea, com tela melhor distribuída na face do celular, display em aspecto 19:9 e um entalhe para a câmera de selfies que ganha pontos pela discrição: em formato de gota, o recorte na tela não é tão ostensivo como o usado no G7 Play, por exemplo.

Já o Moto G6 Plus tem linhas mais conversadoras, inclusive com uma tela que apresenta bordas mais gordas. O G7 Plus está disponível nas cores índigo e rubi (azul escuro e vermelho) e o G6 Plus em índigo e topázio (azul escuro e prata).

Os dois modelos Plus têm câmera dupla, mas a nova geração deve se beneficiar de sensores de maior resolução. No G7 Plus, as capacidades fotográficas ficam à cargo de uma dupla que é encabeçada por uma câmera de 16 megapixels que, usando lente grande-angular, oferece abertura focal de f/1.7 – lente bem aberta para os padrões de celulares.

O sensor secundário do G7 Plus tem 5 megapixels e lente teleobjetiva que, ao detectar profundidade de campo, dá suporte ao modo retrato. Essa lente é mais fechada e tem abertura f/2.2.

Outras vantagens do novo Plus são o reforço de tecnologias de inteligência artificial para fotos de melhor resultado e o sistema de estabilização ótica que previne fotos e vídeos tremidos. A detecção de sorrisos automaticamente bate a foto quando todos na cena estão fazendo o famoso "xis".

No G6 Plus é tudo igual quando se trata do sensor de profundidade de 5 megapixels. A diferença aparece quando se compara a câmera principal da dupla, que no modelo 2018 tem 12 megapixels e a mesma abertura de f/1.7.

O Moto G7 Plus também ganhou reforço nas selfies. O celular ostenta um sensor dianteiro de 12 megapixels, resolução sensivelmente maior do que a câmera de 8 megapixels encarregada das selfies no G6 Plus.

O Moto G7 Plus ganhou um processador melhor que seu antecessor, com promessa de mais velocidade. No novo modelo, a Motorola escolheu o Snapdragon 636, um octa-core da Qualcomm de 1,8 GHz. O G6 Plus, por outro lado, usa o Snapdragon 630, octa-core que vai a 2,2 GHz.

Como o Snapdragon do G7 Plus é mais rápido? A explicação é que os oito núcleos do chip usam tecnologia da Qualcomm, enquanto o G6 Plus emprega design de referência da ARM, sem as mesmas otimizações e recursos. A Qualcomm alega que o processador mais novo é 30% mais rápido.

Não há novidades em relação à memória RAM. O novo G7 Plus é vendido em modelo único com 4 GB a bordo, mesma quantidade do G6 Plus. O mesmo vale para a capacidade de armazenamento: 64 GB nos dois modelos. Ambos têm entrada para cartão microSD.

Sistema Android e recursos

Os dois modelos têm leitor de impressões digitais – ele fica no botão Home do G6 Plus, enquanto o G7 Plus inaugurou o recurso na parte de trás, onde está a marca da Motorola. A geração mais nova traz reconhecimento facial.

O Moto G7 Plus roda sai de fábrica com Android 9 (Pie), ao passo que o G6 Plus foi lançado com o Android 8 (Oreo). A geração passada recebeu atualização para o sistema mais novo.

Bateria

Embora o Moto G7 Plus tenha o benefício de ser mais recente, é interessante observar que o novo celular da Motorola chega ao mercado com uma bateria menor que a do G6 Plus. No novo smartphone, o componente tem 3.000 mAh de capacidade nominal contra 3.200 mAh do modelo anterior.

Vantagem mesmo em favor do novo Plus é o fato de que o carregamento rápido saltou de 15 watts para 27 watts. Segundo a Motorola, é preciso menos de uma hora na tomada para carregar a bateria em 100%. Além disso, a fabricante promete que o G7 Plus com somente 15% de carga aguenta até 11 horas ligado.

Preço e disponibilidade

O novo Moto G7 Plus chega ao Brasil por R$ 1.899. Enquanto isso, o Moto G6 Plus é encontrado em lojas online por valores na faixa de R$ 1.500.

 



Outras Notícias