Clássico entre Inter e Grêmio tem confronto do melhor ataque contra defesa menos vazada do Brasileirão

25/01/2021
Gre-Nal opõe melhor ataque (Inter) e melhor defesa (Grêmio), mas atenção: Thiago Galhardo está fora — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter
Gre-Nal opõe melhor ataque (Inter) e melhor defesa (Grêmio), mas atenção: Thiago Galhardo está fora — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

 Inter e Grêmio se enfrentam neste domingo, às 16h, no Beira-Rio, pela 32ª rodada do Brasileirão em um Gre-Nal que mais do que nunca expõe diferenças. Ao menos no que diz respeito aos números das campanhas das duas equipes no Campeonato Brasileiro. O clássico deste domingo (24) opõe o melhor ataque e a defesa menos vazada da competição até aqui.

O líder Inter é a equipe que mais balançou as redes no Brasileirão, impulsionada pelos nove gols nos últimos dois jogos: são 53 gols marcados. Do outro lado, o Grêmio sofreu apenas 25 gols na competição e é dono da melhor defesa.

O Gre-Nal também opõe a equipe que mais venceu no campeonato – o Inter, com 17 vitórias – e o time que menos perdeu – o Grêmio, com apenas três derrotas. O Tricolor também é o time com mais empates. São 15.

Na comparação entre as duas equipes, o retrospecto defensivo é equilibrado e há disparidade apenas no poderio ofensivo. A defesa do Inter é a segunda menos vazada, com 29 gols sofridos. Mas o Grêmio marcou apenas 39 vezes e aparece em nono no ranking de ataques do Brasileirão.

Campanha do Inter no Brasileirão:
31 jogos
17 vitórias (time com mais vitórias)
8 empates
6 derrotas
53 gols feitos (melhor ataque)
29 gols sofridos (2º melhor ataque)
63,4% de aproveitamento

O ataque colorado é impulsionado por dois jogadores em especial: o artilheiro Thiago Galhardo, com 16 gols, e quem entrou em seu lugar após a lesão muscular. Yuri Alberto soma com 10 gols – sete deles nos últimos seis jogos. Eles marcaram 26 dos 53 gols da equipe – quase metade.

Do lado gremista, Diego Souza é o principal goleador, com nove gols. Ele também é o artilheiro do Brasil na temporada, com 26 gols. Pepê aparece em seu encalço, com oito gols.

Campanha do Grêmio no Brasileirão:
30 jogos
12 vitórias
15 empates (time com mais empates)
3 derrotas (time com menos derrotas)
39 gols feitos (9º melhor ataque)
25 gols sofridos (melhor defesa)
53,6% de aproveitamento

Outras duas estatísticas pontuam as diferenças de estilo entre as duas equipes. O Inter é uma equipe mais agressiva na marcação e que cria pouco, mas é efetiva. O Grêmio tem a valorização da posse de bola enraizada com Renato Portaluppi e tem maior volume de jogo ofensivo.

Prova disso é que o Colorado é a equipe com mais desarmes no Campeonato Brasileiro. O Tricolor, por sua vez, aparece em 13º no ranking.

Mas o Grêmio finaliza bem mais que o Inter, dono do melhor ataque da competição. A equipe de Renato Gaúcho é a quinta com mais finalizações no Brasileirão. O Colorado é a oitava que menos finaliza.

Mais números:
Desarmes:
Inter: 819 em 31 jogos (média: 26,4/jogo) – líder no ranking
Grêmio: 679 em 30 jogos (22,6) – 13º no ranking
Finalizações:
Inter: 353 em 31 jogos (média: 11,3/jogo) – 13º no ranking
Grêmio: 416 em 30 jogos (média: 13,8/jogo) – 5º no ranking

Detalhes do jogo

 • Local: Beira-Rio
 • Data e horário: domingo (24), às 16h (de Brasília)
 • Escalação provável do Inter: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenílson, Praxedes, Peglow e Patrick; Yuri Alberto
 • Escalação provável do Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel (Rodrigues), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Lucas Silva (Darlan); Alisson, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza
 • Desfalques do Inter: Rodrigo Moledo, Saravia, Boschilia, Galhardo e Thiago Galhardo, Caio Vidal
 • Desfalques do Grêmio: Churín e Leonardo
 • Pendurados do Inter: Víctor Cuesta, Rodrigo Dourado,Abel Hernández, Leandro Fernández, Rodrigo Lindoso, marcos Guilherme, Matheus Jussa e Boschilia
 • Pendurados do Grêmio: Vanderlei, Geromel, Kannemann, Matheus Henrique, Darlan e Robinho
 • Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa. Wagner Reway é o responsável pelo VAR



Compartilhe:


Outras Notícias

-