Com um a menos, Santos segura empate com Ceará pela Copa do Brasil

29/10/2020

 Santos e Ceará não saíram do zero nesta quarta-feira (28) à tarde, na Vila Belmiro, em Santos (SP), no primeiro jogo do confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nenhuma das equipes leva vantagem para a partida de volta, na próxima quarta-feira (4), às 19h (horário de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Com um calor acima dos 30ºC no litoral paulista, o primeiro tempo intercalou momentos animados e outros de intensidade muito baixa. A primeira boa chance foi do Vozão, em cabeçada do atacante Léo Chú, com liberdade, por cima do gol. Na sequência, o volante Jobson desperdiçou chance semelhante para o Peixe. O atacante santista Lucas Braga, no rebote do goleiro Fernando Prass, mostrou que a cabeça também estava descalibrada. A resposta cearense veio em bomba venenosa do meia Vina, defendida pelo goleiro João Paulo.

Antes do intervalo, o Santos perdeu Lucas Veríssimo. O zagueiro ergueu demais o pé na tentativa de desarmar o atacante Rafael Sobis – que caiu sangrando após a disputa de bola – e foi expulso com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR). O camisa 28 do Peixe tinha recebido amarelo, mas, após rever o lance, o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães trocou o cartão e deu vermelho ao santista.

Mesmo com um a menos, o Alvinegro Praiano esboçou uma pressão no segundo tempo, mas os atacantes Marinho (que parou duas vezes em Fernando Prass) e Yeferson Soteldo ficaram no quase. O Ceará fez valer a superioridade numérica e, aos poucos, tomou o controle e sufocou o Santos. O atacante Rick chegou até a balançar as redes, mas o lance foi invalidado por ter ajeitado a bola com a mão. A pressão do Vozão, porém, foi insuficiente para alterar o marcador na Vila Belmiro.

As equipes voltam a jogar no fim de semana pela 19ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Ceará vai a campo no sábado (31), às 17h, contra o Botafogo, na Arena Castelão. Já o Santos atua no domingo (1), às 18h15, contra o Bahia, na Vila Belmiro.


Agência Brasil



Compartilhe:


Outras Notícias