Corinthians x Flamengo: em tarde de VAR polêmico e expulsão, clássico termina empatado após gol no fim

22/07/2019
Flamengo tem clássico com o Botafogo no Maracanã, e o Corinthians pega o Fortaleza no Castelão. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão
Flamengo tem clássico com o Botafogo no Maracanã, e o Corinthians pega o Fortaleza no Castelão. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão

 O Corinthians recebeu o Flamengo pela 11ª rodada do Brasileirão e o placar terminou igual: 1 a 1, gols de Clayson e Gabigol.

Com o resultado, os mandantes ficaram com 16 pontos após 10 jogos, parcialmente na 8ª posição. Já os visitantes ficam no 3º lugar, com 21 pontos após 11 partidas.

Jorge Jesus chegou a sua quarta partida com os cariocas (uma vitória, e três empates), e apenas quatro jogadores foram titulares em todas: Diego Alves, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Gabigol. Nesse domingo, lesões tiraram Arrascaeta (coxa direita) e Éverton Ribeiro do 11 inicial (pé esquerdo). Com isso, Gérson, contratado durante a semana, teve sua primeira chance no time.

 

 

 

 

Já os paulistas entraram em campo com seis jogadores pendurados: Cássio, Fagner, Avelar, Urso, Sornoza e Love. No banco, Jádson.

Mais cedo, pelo Brasileirão feminino, o Corinthians venceu o Flamengo no Pacamebu por 1 a 0. O clube alvinegro divide a liderança do campeonato com o Santos, com 36 pontos - 12 vitórias e 1 derrota em 13 jogos.

Primeiro tempo equilibrado

O Flamengo começou pressionando mais, e em cinco minutos Diego e Arão criaram chances de fora da área. O Corinthians logo igualou o jogo e Pedrinho e Sornoza testaram Diego Alves, também em chutes longos.

Com 11, Cássio assustou a torcida na Arena. Após recuo curto de Manoel, o goleiro furou o chutão e teve que se recuperar rápido para pegar a bola antes de Gabigol.

 

 

 

 

O Flamengo seguia buscando mais o ataque, e com 23 minutos Diego cruzou e Léo Duarte cabeceou com perigo.

O Corinthians começou a pressionar mais a saída dos cariocas e criou mais chances na segunda parte da primeira etapa. Pedrinho cabeceou e exigiu ótima defesa de Diego Alves com 24 minutos, e no lance seguinte Gil também tentou de cabeça, mas a bola foi por cima.

Aos 43, Sornoza tentou um voleio e a bola saiu para escanteio. Na última boa chance do primeiro tempo, Manoel subiu e tirou o folego de Diego Alves com uma cabeçada muito perigosa.

Vitinho, com dores no joelho esquerdo, saiu e deu espaço a Berrío no segundo tempo.

 

 

 

 

Segundo tempo de ‘tudo ou nada‘

Os times voltaram para o segundo tempo do mesmo jeito que saíram do primeiro. E com 12 minutos, em contra-ataque, o Corinthians criou seu gol.

Pedrinho recuperou a bola e lançou Fagner. O lateral passou por Cuellar e, com a defesa flamenguista desorganizada, virou para Love. O atacante entrou na área e levou um trança-pé de Berrío quando ia chutar. Pênalti. Após três minutos de ouvindo o árbitro de vídeo, Leandro Vuaden autorizou, Clayson deslocou Diego Alves e abriu o placar. Esse foi o primeiro pênalti que o Corinthians teve a seu favor após 52 jogos - o último havia sido contra o Cruzeiro, na final da Copa do Brasil de 2018.

 

 

 

 

Logo após sofrer o gol, Jorge Jesus tirou Cuellar e colocou Bruno Henrique, claramente buscando o empate.

O desenho do jogo ficou cada vez mais claro. O Flamengo ia com tudo para cima, e nos espaços que deixava, o Corinthians conta-atacava e gastava o tempo, principalmente com Pedrinho pela esquerda e Clayson pela direita.

Em sua última cartada, aos 32, Jesus tirou Gérson e colocou o garoto Lincoln no ataque. Poucos minutos depois, Carille mexeu pela primeira vez e colocou Everaldo no lugar de Clayson.

 

 

 

 

Com 36, o Flamengo teve sua grande chance no jogo. Após triangulação pela ponta esquerda, Lincoln, da linha de fundo, rolou para o meio da área e Bruno Henrique apareceu livre na marca do pênalti, foi com sede para a bola e furou.

Pressão dos cariocas. Aos 40, Renê bateu escanteio e Arão cabeceou. Cássio espalmou para frente e Gabigol, na pequena área, aproveitou o rebote e balançou as redes paulistas. O auxiliar levantou a bandeira e marcou impedimento. Após longa análise do árbitro de vídeo, Vuaden reverteu a decisão e validou o gol do artilheiro do Brasileirão.

Aos 47, Carille botou o time para frente e colocou Mateus Vital no lugar de Gabriel. O jogo esquentou nos acréscimos, e Berrío foi expulso após subir com o cotovelo muito aberto e acertar o rosto de Sornoza. O atacante já tinha um cartão amarelo e levou o segundo.

Logo depois, Boselli entrou no lugar de Sornoza e o Corinthians se lançou ao ataque. Love teve uma chance de cabeça e Everaldo outra em chute longo, mas o placar não foi alterado.

 

 

 

 

AGENDA

No meio de semana, as duas equipes jogam por competições internacionais. O Flamengo vai ao Equador na quarta-feira enfrentar o Emelec pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O Corinthians viaja para o Uruguai e encara o Montevideo Wanderes, mas pelas oitavas da Copa Sul-Americana. Em ambos os casos, a partida é a de ida.

Pelo Campeonato Brasileiro, os rubro-negros recebem o Botafogo no próximo domingo. Já os paulistas viajam e visitam o Fortaleza, também no domingo.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 21 de julho de 2019, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Leandro Vuaden (RS)

 

 

 

 

 

Assistentes: Jorge Bernadi e José Calza (ambos do RS)

VAR: Daniel Bins (RS)

Público: 34.737 pagantes

Renda: R$ 2.223.284,60

Cartões amarelos: Clayson (Corinthians); Rodrigo Caio, Berrío, Diego, Rodinei (Flamengo)

Cartão vermelho: Berrío (Flamengo)

Gols:

CORINTHIANS: Clayson, de pênalti, aos 17 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Gabigol, aos 44 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel (Mateus Vital) e Júnior Urso; Pedrinho, Sornoza (Boselli) e Clayson (Everaldo); Vagner Love

Técnico: Fábio Carille

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar (Bruno Henrique), Willian Arão, Diego e Gerson (Lincoln); Vitinho (Berrío) e Gabriel

Técnico: Jorge Jesus




Outras Notícias