Bolsonaro encontra eleitores nordestinos e volta a criticar Flávio Dino: ‘ESSE CARA É DO PARTIDO COMUNISTA’; VEJA VÍDEO

05/08/2019
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a mirar a artilharia verbal contra o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), neste domingo (04), em Brasília.
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a mirar a artilharia verbal contra o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), neste domingo (04), em Brasília.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a mirar a artilharia verbal contra o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), neste domingo (04), em Brasília. Ele foi recepcionado na frente do Palácio do Alvorada por uma caravana do estado do Maranhão, quando aproveitou para criticar o governador.

Ao ser indagado pelos eleitores sobre o tema, o presidente aproveitou para tecer críticas contra Flávio Dino. “Acho que é o estado mais pobre do Brasil, onde a educação não existe por parte do governo, e ele só quer ser o dono do pedaço. (…) Esse governador está cuidando da vida dele, governador não, esse cara que está lá. É do Partido Comunista do Brasil”, disse o presidente.

 

“Queremos dar um depoimento contra aquele governador que acaba com o estado, entendeu?”, disse um homem. “Liberta o Maranhão e bota aquele comunista para correr!”, exclamou uma mulher.

Bolsonaro também comentou sobre obras federais no Maranhão e citou a parceria com os Estados Unidos para a utilização da base de lançamentos de Alcântara e os investimentos ferroviários para interligar o Nordeste ao porto de Santos em São Paulo.

A conversa de Bolsonaro com os eleitores foi transmitida através do perfil oficial do presidente no Facebook.

Veja vídeo:

 

 

 

 




Outras Notícias