Professor chama Cartaxo de lenhador e denuncia derrubada de árvores pelo Motiva com conivência da PMJP

24/07/2018

 O Portal recebeu denúncia do corte de 20 árvores no bairro de Tambaú, em João Pessoa. A derrubada foi realizada pelo Colégio Motiva ‘Ambiental‘. O relato foi publicado em uma rede social nesta terça-feira (24) por um professor universitário, Luiz Antonio Mousinho, e ele chama atenção para o descaso com a degradação do meio ambiente pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, que tem o prefeito Luciano Cartaxo filiado ao Partido Verde (PV).

No relato feito, o professor citou o corte de 14 árvores. Porém foram 20. Ele destaca que a derrubada durou três dias, "desnecessariamente, um dos últimos flamboyants da cidade, o Motiva Ambiental, no dia seguinte, derrubou doze acácias adultas para construir seu novo acesso. No terceiro dia, de maneira totalmente desnecessária, derrubou uma enorme castanhola que havia fora do seu acesso e fora de sua área, árvore que estava há décadas na esquina entre a Silvino Lopes e Helena Meira Lima”, desabafou.

O professor ainda critica a atual gestão do município. "Numa cidade onde o prefeito é conhecido pela alcunha de ‘O lenhador‘, certamente a Semam não há de fazer nada. O que dói é o epíteto de ‘ambiental‘ no nome desse ‘templo de educação", disse. 

Em contato com a Secretaria do Meio Ambiente, o ClickPB descobriu que a derrubada das árvores foi autoriza pela própria prefeitura. A Semam alega que as árvores estavam prejudicando a mobilidade urbana. 

Segundo o denunciante, a instituição substituiu as árvores adultas por 9 mudas de acácia no seu novo estacionamento.

 



Outras Notícias