Vereador professor Gabriel destaca preocupação do prefeito Cartaxo com a educação de João Pessoa em lançar Programa Bolsa Universitária

12/04/2019
Luciano Cartaxo amplia programa Bolsa Universitária e PMJP passará a auxiliar 400 estudantes com ajuda financeira
Luciano Cartaxo amplia programa Bolsa Universitária e PMJP passará a auxiliar 400 estudantes com ajuda financeira

 O vereador Professor Gabriel diz que Programa Bolsa Universitária lançada pelo prefeito Cartaxo valoriza os jovens carentes e mostra a preocupação da PMJP com a vida acadêmica dos jovens carentes da Capital. “Sei da importância da ampliação deste projeto, como professor, apoio integralmente mais uma ação do governo Cartaxo com a educação”, disse o Vereador Professor Gabriel.

 

As inscrições começam no dia 22 de abril e ficam abertas até o dia três de maio. Atualmente, 203 jovens matriculados em instituições de ensino já recebem o benefício e, através deste novo edital, o número passará de 400 com os novos estudantes que serão incluídos no programa. Confira o edital no link https://midi.as/7SG2

“O programa exerce um papel fundamental no apoio aos jovens carentes que sonham em concluir o Ensino Superior, que querem transformar suas vidas a partir da educação e sair da condição de vulnerabilidade social”. Explicou o vereador Professor Gabriel.

O vereador Professor Gabriel destacou o empenho do prefeito Cartaxo com a educação do município de João Pessoa, sempre preocupado em levar uma melhor qualidade no ensino, com novas escolas e reformas de outras. A educação de João Pessoa é hoje uma referência em ensino de qualidade, enfatizou o professor Gabriel.

O programa Bolsa Universitária é uma ação executada pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que disponibiliza uma ajuda de custo para despesas com passagens, xérox e outras necessidades pertinentes aos alunos carentes para dar prosseguimento aos estudos. De acordo com o edital, serão 50 vagas, que receberão 1/3 do salário mínimo vigente, para as pessoas cadastradas no CadÚnico e que não recebem o Bolsa Família.

Há outras 150 vagas, que receberão 1/6 do salário mínimo atual. Estas são destinadas a alunos cadastrados no CadÚnico e que recebem o Bolsa Família. Do total de vagas oferecidas no edital, 10% são destinadas a pessoas com deficiência.

“Para estas pessoas, o apoio da Bolsa Universitária oferecida pela Prefeitura faz uma grande diferença porque estimula a continuidade deles em sala de aula, superando as dificuldades e criando as condições necessárias para eles cumpram com as atividades universitárias, ajudar no material, alimentação e no transporte”, destacou o vereador professor Gabriel.

“Esta é uma forma que a Prefeitura encontrou de ajudar os estudantes de baixa renda, em condição de vulnerabilidade social e que precisam de um apoio para cada vez mais poderem investir na própria educação. Passando por todos os critérios e cumprindo as normas do edital, eles podem ter assegurado o benefício até o final do curso, com o acompanhamento que fazemos na Sedes”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares.

As inscrições devem ser realizadas de modo presencial na sede do programa Bolsa Universitária, localizada Rua Prefeito Osvaldo Pessoa, n°552, em Jaguaribe. O resultado da seleção será divulgado no dia 17 de maio. No ato da inscrição, o candidato deve apresentar cópias e originais do Número de Identificação Social (NIS), que é emitido nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e nos Centros de Referência da Cidadania (CRCs). O candidato ainda deve apresentar RG, CPF, comprovante de residência, histórico universitário (com carimbo), declaração de vínculo da faculdade, comprovante de renda pessoal ou familiar e declaração de que se encontra na condição integrante de família inscrita no CadÚnico (essa declaração é emitida no ato da inscrição).

 

Roberto Notícia com Secom-JP 




Outras Notícias