Marcus Alves anuncia Dida Fialho na gerência de Música e revela duas ações urgentes para resolver casos como de Paulo Batera

Por Redação Por Redação - 25/01/2021 19:49

 O presidente da FUNJOPE, Marcus Alves, confirmou ao Portal WSCOM que o cantor e compositor Dida Fialho acaba de ser nomeado gerente de Música da fundação e já trabalha na adoção de medidas a curtíssimo prazo para resolver dramas urgentes de artistas vivendo graves dificuldades a exemplo do baterista Paulo Batera.

– Sobre este caso do Paulo Batera, que na verdade é um sinal de que outros artistas também em sofrimento, estamos cuidando na Prefeitura e na Funjope em particular por duas linhas de atuação, disse anunciando Dida Fialho na gerência de Musica.

Ele adicionou: ” A primeira de ordem mais emergencial voltada ao acolhimento e cuidados imediatos a curto prazo já conversamos com o próprio prefeito Cicero Lucena que nos estímulou  nesse sentido de ação. Também planejei, junto com o nosso chefe da Divisão de Música, o cantor Dida Fialho, no sentido de identificarmos até outros artistas que estão com esse grau de problema, frisou.

– Em outra linha, vamos trabalhar no aspecto da criação de uma instituição que possa dar acolhida aos artistas em situação de risco, de abandono ou sofrimento, a exemplo da Casa do Artista, projeto que vem sendo debatido e planejado pelo ator Beto Quirino com quem também falamos hoje sobre o problema.

Por fim disse que ” igualmente estamos em conversa com o secretario de Ação Social  Direitos Humanos da PMJP, João Corujinha, para ver os mecanismos institucionais que podemos usar para mitigar esse sofrimento dos artistas”.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Sindicato nega registro profissional de atriz para Juliette

  • Atacante Hulk doará 10 toneladas de alimentos a instituições em Campina Grande

  • José de Abreu, 75, ganhou uma homenagem no corpo da namorada Carolynne Junger

avançar voltar