Faltam combustíveis em 40% dos postos na Paraíba, diz Sindipetro

22/05/2018

 

Cerca de 40% dos postos de combustível da Paraíba já estão com falta de gasolina, etanol ou diesel. O balanço é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Omar Hamad. A situação de desabastecimento ocorre por conta de uma manifestação de caminhoneiros em protesto contra o aumento no preço dos combustíveis executado pela Petrobras nos últimos dias.

Leia também: Petrobras anuncia queda nos preços da gasolina e do diesel

Ao Portal Correio, Omar relatou que os postos que ainda possuem combustíveis estão com os produtos porque fizeram estoque na semana passada. Além disso, diversos postos já não estão colocando preço de um determinado produto por não tê-lo.

“Ainda não temos um valor exato, mas aproximadamente em 40% dos postos já está sem gasolina, etanol ou diesel. Onde não tiver placa de preço é porque não tem o produto”, disse o presidente do Sindipetro-PB.

Protesto interdita rodovias

Trechos das rodovias BR-101, em João Pessoa, BR-412, em Boa Vista, e BR-230, em Campina Grande, estão com interdições na tarde desta terça-feira (22) por conta de protestos dos caminhoneiros.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em João Pessoa, o bloqueio atinge o quilômetro (km) 89 da BR-101, com interdição total da rodovia, incluindo uso de pneus para bloqueio de tráfego.

Em Boa Vista, no Agreste paraibano, a 175 quilômetros de João Pessoa, a interdição ocorrer no km 18 da BR-412. A interdição da rodovia é parcial.

Já no km 143 da BR-230, em Campina Grande, a interdição também ocorre de maneira parcial, apenas para veículos de carga.




Outras Notícias