Arrascaeta e Jesus roubam a cena no Maracanã, Flamengo bate Grêmio e cola no Palmeiras

11/08/2019
Arrascaeta brilha, Flamengo bate os reservas do Grêmio e diminui vantagem do líder
Arrascaeta brilha, Flamengo bate os reservas do Grêmio e diminui vantagem do líder

 Para 57.644 presentes no Maracanã, o Flamengo bateu o Grêmio por 3 a 1 pela 14ª do Campeonato Brasileiro. Os gols da vitória foram marcados por Willian Arão, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Galhardo descontou.

Com o resultado, o Flamengo encostou no Palmeiras, vice: 28 a 27 pontos. Os paulistas ainda encaram o Bahia nesse domingo, e o líder Santos, que perdeu para o São Paulo, tem 32. Já os gaúchos seguem com 17 pontos e ocupa a 13ª posição.

Jorge Jesus jogou praticamente com força máxima. Gabigol, Lincoln e Rodrigo Caio não estavam à disposição por ainda se recuperarem de lesão. Everton Ribeiro ficou no banco e Berrío foi titular, mas quando entrou, o camisa 7 guardou o dele.

 

 

Em apenas 10 minutos de jogo, entretanto, o Flameno já teve uma baixa para a próxima rodada: Rafinha, em seu quarto jogo pelo clube no Brasileirão, tomou o terceiro cartão amarelo e não joga contra o Vasco.

Já Renato Gaúcho levou apenas três titulares para o Rio de Janeiro: Everton, Cortez e Matheus Henrique, os três reservas. Na quarta-feira, o clube encara o Athletico Paranaense pela partida de ida da semifinal da Copa do Brasil.

Homenagens antes da bola rolar

Antes da partida, William Arão recebeu uma camisa comemorativa com o número 200 em homenagem ao seu 200º jogo com a camisa flamenguista. Para comemorar, volante fez o primeiro gol da partida em belo chute. Diego Alves também foi homenageado, mas por sua 100ª atuação com o uniforme.

Garotos do Ninho

Na semana que completa seis meses da trágica morte dos garotos do ninho, o Grupo Flamengo da Gente foi ao Maracanã distribuindo adesivos e cartazes homenageando-os.

 

 

A campanha "Não nos esquecemos" pede transparência e agilidade nas indenizações das famílias.

Primeiro tempo polêmico

A partida foi movimentada desde o inicio, mas a primeira boa chance veio com apenas 18 minutos em tentativa de Luciano, do Grêmio. Logo em seguida, a resposta veio com um cruzamento muito perigoso de Arrascaeta que passou por Julio César, mas não por Paulo Miranda.

Aos 22 os visitantes tiveram uma chance real de gol. Pepê foi acionado após tabela de Léo Moura e Luciano. O jovem atacante disparou e Diego Alves fez boa defesa.

Dessa vez, a resposta veio com gol. Arrascaeta recebeu na intermediária e encontrou Willian Arão infiltrando nas costas da zaga. Com uma cavadinha, deu a bola para o camisa 5 dar um chutaço de canhota no ângulo direito de Julio César.

 

 

Pouco antes do gol, Bruno Henrique recebeu na entrada da área e foi derrubado por Galhardo. O árbitro ouviu o árbitro de vídeo mas não consultou o VAR. Nada marcado.

Com 47, entretanto, o árbitro foi à cabine. Após Luan cruzar em cobrança de falta, David Braz caiu no chão e reclamou muito. No vídeo, Bráulio da Silva Machado viu puxão de Pablo Marí e corretamente marcou penalidade máxima. Galhardo cobrou e empatou a partida.

 

 

Segundo tempo rubro-negro

Desde o começo da etapa final os donos da casa mostraram que queriam a vitória. Já com dois minutos, Bruno Henrique teve chance em cruzamento de Berrío, mas cabeceou muito mal.

Com 4, o próprio Bruno Henrique fez jogada individual pela esquerda e cruzou. A bola bateu na trave de Julio César e voltou no pé de Arrascaeta, que só precisou balançar as redes. 2 a 0.

Com 10, o uruguaio recebeu na área após cruzamento de Rafinha e cabeceou para fora do gol.

 

 

Tentando mudar o jogo, Renato Gaúcho colocou Everton no lugar de Rafael Galhardo aos 11. No lance seguinte, Gerson puxou da direita para a esquerda e soltou o pé. A bola foi no travessão gremista.

Novamente titular, Filipe Luís foi substituído com 15 minutos da segunda etapa. Aos 20, entrou Everton Ribeiro no lugar de Berrío.

Insatisfeito, o time de Jorge Jesus seguiu atacando. Com 31, Bruno Henrique fez o que quis pela esquerda e rolou para o meio da área. Everton Ribeiro tocou de letra e Arrascaeta só não marcou por um milagre do goleiro do Grêmio. Com 35, novamente o uruguaio tentou e parou em Paulo Victor.

Aos 46, não teve como segurar mais. Everton Ribeiro veio puxando pela direita entre Juninho Capixaba e Darlan. De canhota, bateu forte sem chances para o goleiro adversário. 3 a 0, festa no Maracanã e Jorge Jesus chamando a torcida como se fosse um maestro.

Agenda

Às 21h30 de quarta-feira, o Grêmio recebeo Athletico-PR pela ida das semifinais da Copa do Brasil. No próximo sábado, pelo Brasileirão, joga em casa contra o Palmeiras.

Já o time carioca descansa durante a semana e joga novamente no sábado, contra o Vasco.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 1 GRÊMIO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10 de agosto de 2019 (Sábado)

Horário: 19h(de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa-SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Alex dos Santos (SC)

Renda: R$ 2.420.747,00

 

 

Público: 53.970 pagantes

Cartões amarelos: Rafinha, Berrío, Cuéllar, Bruno Henrique e Pablo Marí (Flamengo); Thaciano e Capixaba (Grêmio)

GOLS

FLAMENGO: Willian Arão, aos 28min do primeiro tempo; Arrascaeta, aos 4min do segundo tempo; Éverton Ribeiro, aos 46min do segundo tempo

GRÊMIO: Rafael Galhardo, aos 50min do primeiro tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Filipe Luís (Renê); Gustavo Cuéllar (Píris da Motta), Willian Arão, Gerson e De Arrascaeta; Berrío (Éverton Ribeiro) e Bruno Henrique

Técnico: Jorge Jesus

GRÊMIO: Júlio César, Léo Moura, Paulo Miranda, David Braz e Capixaba; Darlan, Thaciano, Galhardo (Everton) e Luan (Da Silva); Pepê e Luciano (Patrick)

Técnico: Renato Gaúcho




Outras Notícias