Botafogo-PB solicita, Raposa peita TV e agenda das finais do Paraibano muda de novo

03/04/2018

 O Campeonato Paraibano 2018 é uma “fábrica” de polêmicas, indefinições e bizarrices de toda sorte. E o ponto alto do certame parece que não podia ficar de fora dessa “produção”.

Com a final definida no final de semana, quando o Botafogo-PB eliminou o Treze e garantiu vaga na decisão contra o Campinense, as datas das pelejas finais entre Belo e Raposa viraram alvo de pelo menos quatro mudanças de datas e horários somente nesta segunda-feira (02).

Como pano de fundo está o interesse da emissora de TV que detém os direitos de transmissão do campeonato em conflito com as agremiações envolvidas.

Desde a reunião matinal entre os dirigentes dos clubes com a cúpula da FPF, Polícia Militar e Ministério Público, todo o restante do dia desta segunda-feira foi de alteração nas datas e horários dos jogos de ida e volta da decisão estadual.

Antes marcadas para os dias 4 e 8 (quarta e domingo), as partidas passaram inicialmente para quinta (05) e segunda-feira (09), às 19h e 21h, respectivamente.

Diante da insatisfação quase que geral dos torcedores de Botafogo-PB e Campinense, que se utilizaram de seus perfis nas redes sociais para reclamar com a emissora de TV, tudo mudou no meio da tarde.

A partida da volta, que vai ter o mando de campo do Belo, voltou a ser agendada para o domingo (08), às 19h, no Almeidão.

No início da noite foi a vez do horário do jogo de ida, que terá o mando do Rubro-Negro, ser alterado. A data permaneceu sendo o dia 5, quinta-feira, mas passou das 19h para as 20h30.

De acordo com o presidente do Campinense, William Simões, que confirmou a informação ao PARAIBAONLINE, a FPF deu aval ao clube para que o tradicional horário fosse definido.

É que a TV que manda no futebol paraibano só disponibilizou duas alternativas para a Raposa escolher: 19h ou 21h45, opções que desagradaram ao mandatário rubro-negro.

A escolha da direção do Campinense de definir o início do jogo para as 20h30 da quinta-feira (05) pode render consequências e vai mexer no bolso do clube. Isso porque a emissora não dispõe de brecha na sua grade de programação para encaixar a transmissão da partida.

Assim, caso a FPF confirme a nova mudança, o jogo de ida da final do Paraibano 2018 não será televisionado, o que acarretará no não recebimento da cota de R$ 50 mil por parte da Raposa.

– Nossa decisão foi tomada não pensando no valor dessa cota, mas sim no conforto do torcedor. Um jogo às 19h prejudica quem sai tarde do trabalho. E se for tarde demais, às 21h45, prejudica quem trabalha cedo no outro dia. O horário tradicional do futebol paraibano no meio de semana é o das 20h30 e para não prejudicar o torcedor, fizemos essa escolha. Confiamos na presença maciça dos raposeiros no Amigão, na quinta-feira – argumentou o presidente do Campinense, William Simões.

Dessa forma, com base nas confirmações das duas diretorias divulgadas na noite desta segunda-feira (02), os dias e horários das finais serão os seguintes.

Quinta-feira (05), às 20h30 (sem televisionamento), no Amigão: Campinense x Botafogo-PB (ida).

Domingo (08), às 19h (com televisionamento), no Almeidão: Botafogo-PB x Campinense (volta).

A FPF deve ratificar a decisão das duas agremiações na manhã desta terça-feira (03). Vale lembrar que a PM, com aval do Ministério Público, autorizou a presença de torcedores do time visitante nas duas partidas.

Dentro de campo, o Botafogo-PB tem a vantagem de poder empatar na soma dos dois resultados.

 




Outras Notícias