Pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, em Porto Alegre, tudo igual: 1 a 1, gols de Everton Cebolinha e Gilberto.

O jogo

O primeiro tempo foi do Grêmio. O time começou dominando, mas via uma boa defesa dos visitantes. Com o passar do tempo, as chances iam ficando mais claras, com Jean Pyerre acertando chute na trave aos 33, Douglas fazendo ótima defesa aos 37 e o gol saindo aos 45, dos pés de Everton Cebolinha, da marca de pênalti.

O Bahia voltou muito ligado e, Gilberto empatou o duelo aos 3 minutos, de cabeça, após cobrança de escanteio e desvio de Moisés. O Grêmio voltou a ter o controle da partida e pressionar, e até assustou o Bahia em chutes longos: com Everton, aos 22 e Luan, aos 25 e 43.

Entretanto, os visitantes tiveram as melhores oportunidades de desempatar o jogo com Artur. Aos 33, foi levando pela ponta direita, cortou para o meio e bateu no canto direito de Paulo Victor, obrigando um milagre do goleiro gremista. Aos 44, limpou a zaga e disparou no contra-ataque, mas na hora de definir, tirou demais e bateu por cima do gol.

Com 27 minutos, Guerra entrou no lugar de Ramires e estreou pelo Bahia. Aos 34, Felipe Vizeu substituiu André, mas jogou apenas cinco minutos. Aos 39, dividiu com Luis Fonseca e ficou no chão. Sentindo o joelho, saiu de campo sem conseguir andar e chorando. O Grêmio, sem mais substituições, ficou com um a menos.

O ‘Cala‘ voltou

Everton Cebolinha foi incansável. Após a maratona de jogos pela seleção na Copa América, voltou claramente acima dos outros jogadores em campo, aparecendo pelo meio e pelos dois lados do campo, sempre dando dor de cabeça para a defesa baiana.

Com 32 minutos, avançou pelo meio e chutou de fora da área, tirando tinta da trave esquerda de Douglas. Com 39, Cebolinha deu um rolinho maravilhoso em Flávio na linha de fundo e rolou para o meio da área, mas a zaga cortou.

Aos 45, foi fatal: lançado, botou na frente, tirou de Douglas e foi derrubado pelo goleiro. Pênalti. O próprio Everton pegou a bola e bateu no canto direito de Douglas, que pulou para o outro lado.

No segundo tempo, assustou com um belo chute de fora e algumas tentativas pela ponta esquerda, mas não conseguiu fazer a rede balançar.

AGENDA

A volta, e decisão da vaga nas semifinais, será na próxima quarta-feira, dia 17, quando o Bahia recebe o Grêmio às 19h15.

Antes disso, entretanto, os dois times jogam no sábado, pelo Campeonato Brasileiro: às 17h, os gremistas recebem o Vasco da Gama. Às 19h, o Santos vai a Salvador pegar o Bahia.