Richarlison vai bem e Brasil goleia El Salvador em amistoso nos EUA

12/09/2018

 Foi tão fácil, que até parecia treino. Isso porque, na noite dessa terça-feira, o Brasil goleou a frágil seleção de El Salvador por 45a 0, em amistoso disputado em Washington, nos Estados Unidos e segue com companha 100% após o fracasso na Copa do Mundo, quando foi eliminado pela Bélgica nas quartas de final.

 

O destaque da partida foi o atacante Richarlison, que fez sua estreia como titular na seleção e marcou dois gols, além de sofrer um pênalti, convertido pelo capitão Neymar. Philippe Coutinho e Marquinhos completaram o marcador para os comandados de Tite.

Agora, o Brasil só volta à campo daqui um mês, quando disputa mais dois amistosos, contra Arábia Saudita e Argentina, nos dias 12 e 16 de outubro, respectivamente.

O JOGO

A partida mostrou que seria fácil para a seleção brasileira desde os minutos iniciais. Logo no primeiro ataque, Richarlison recebeu lançamento de Neymar e foi derrubado por Domínguez dentro da área. Pênalti para o Brasil, que Neymar bateu com categoria, no canto direito do goleiro, para fazer 1 a 0. Esse foi o 59º gol do jogador do Paris Saint-Germain com a camisa "amarelinha".

 

 

Aos 15, o Brasil chegou ao segundo. E foi um golaço. Mais uma vez Neymar lançou Richarlison, que finalizou de primeira, encobrindo o goleiro Hernández para marcar seu primeiro gol pela seleção.

O jogo estava tão tranquilo, que Neto, goleiro do Brasil, só foi trabalhar pela primeira vez aos 29 minutos, cortando cruzamento na área.

E no lance seguinte, o time brasileiro chegou ao terceiro. Philippe Coutinho recebeu sem marcação, avançou e, da entrada da área, chutou colocado no canto.

Cerca de dez minutos depois, o lance mais polêmico do primeiro tempo. Neymar foi derrubado na área, pediu pênalti, mas o juiz interpretou o lance como simulação e mostrou cartão amarelo para o camisa 10.

 

 

Na volta para a segunda etapa, o panorama se manteve o mesmo e a seleção brasileira ampliou o marcador logo aos cinco minutos. Depois de jogada individual de Coutinho, a bola sobrou para Richarlison, que chutou de primeira para fazer seu segundo no jogo.

 

 

Foi a deixa para Tite tirar de campo o camisa 9, assim como Douglas Costa e Philippe Coutinho e dar uma chance para Willian, Lucas Paquetá e Éverton. E foi do gremista a próxima grande chance, com um chute na trave.

Aos 23, Paquetá recebeu passe de Willian e chutou no canto, obrigando o goleiro Hernández a fazer uma boa defesa. Dois minutos mais tarde, o arqueiro quase aprontou ao tentar segurar a bola após cruzamento de Willian e, com medo de cair dentro do gol, soltou a bola dentro da pequena área, obrigando o zagueiro a sair dando chutão.

A próxima oportunidade de gol foi só aos 37, quando Éverton recebeu lançamento e chutou cruzado, nas pernas do goleiro. Aos 42, Hernàndez fez mais uma boa defesa, em chute forte de Neymar.

E ainda deu tempo do Brasil fazer o quinto. Neymar bateu escanteio na área e Marquinhos, sozinho, cabeceou para o gol para dar números finais ao amistoso.




Outras Notícias