Relatório do TCE traz que Azevedo iniciou 2017 acumulando seis cargos e salário de mais de R$ 44 mil

21/12/2017

 

Um “painel de acumulação de cargos” divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado certamente trouxe constrangimentos para o Governo do Estado e, especialmente, o secretário João Azevedo Lins (Infraestrutura). É possível que os recebimentos sejam todos amparados em legalidade, mas o fato de Azevedo acumular seis vencimentos, como ocorreu no mês de janeiro, não deixa de ser surpreendente.

Os vencimentos somados totalizam R$ 44.794,10. João recebeu, segundo o relatório do TCE, como secretário de Infraestrutura (R$ 17.725,61), aposentado da Suplan, na condição de inativo (R$ 15.156,65), como conselheiro da Cagepa (R$ 2.169,06), como conselheiro das Docas (R$ 1.506,99), conselheiro da Cehap (R$ 939,60) e, finalmente, professor do IFPB (R$ 7.396,19).

É bem verdade que, nos meses seguintes, João Azevedo reduziu as acumulações de seis para “apenas” cinco, conforme o relatório do TCE. No mês de outubro de 2017, por exemplo, João se mantém como secretário, aposentado da Suplan, conselheiro da Cagepa, conselheiro da Cehap e professor do IFPB. Mas, seus vencimentos, somados, vão a R$ 45.045,14.

Leia mais notícias no portal www.1001noticias.com.br -http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/
http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.
Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Da Redação com Roberto Noticia

Mais em https://portal.tce.pb.gov.br/paineis-de-acompanhamento/acumulacao-de-vinculos-publicos/




Outras Notícias