Policiais fazem protesto e prometem greve durante o carnaval em João Pessoa

31/01/2018

 O presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais da Paraíba (Sindiperitos-PB), Herbet Boson, afirmou em entrevista ao Portal que diversas categorias estão reunidas na manhã desta quarta-feira (31) para protestar contra a desvalorização das categorias em disparidade da supervalorização que os delegados de Polícia Civil vem recebendo na Paraíba.

Peritos, necrotomistas, técnicos em perícia, Polícia Militar, Agentes penitenciários, investigadores estão reunidos em frente ao Lyceu Paraibano, em João Pessoa e vão sair em passeata pelo centro de João Pessoa.

As categorias também deflagraram uma paralisação de 24 horas, porém o Instituto de Polícia Científica (IPC) não vai aderir à paralisação porque não houve tempo hábil para realizar uma assembleia da categoria.

Boson, porém ressaltou que os peritos mantém a idéia de realizar um ‘Carnaval sem polícia‘ que já deveria acontecer no dia do bloco Muriçocas do Miramar, na quarta-feira de fogo, dia 07 de fevereiro.

"No hall das categorias (que estão protestando nesta quarta), os delegados não participam porque mais uma vez foram privilegiados pelo governo que anunciou os plantões extras da Polícia Civil, mas os delegados ganharam ou foram agraciados com o dobro do que os peritos receberam. É uma disparidade sem precedentes, sem justificativa, eu olho para a nossa prova pericial e não vejo o trabalho inferior em 50% como foi a discrepância do trabalho dos delegados que ficam nos gabinetes praticamente, enquanto os investigadores produzem prova testemunhal, vão a campo atrás dos bandidos, o escrivão faz toda a parte cartorária... há uma supervalorização dos delegados e essa resposta não é dada por motivo de trabalho, relevância", disse.


Marília Domingues




Outras Notícias