Crescem especulações sobre ida de Veneziano Vital para MDB após Nilda Gondim assumir licença do senador José Maranhão

09/01/2021

 A ida da ex-deputada federal Nilda Gondim (MDB) para o Senado Federal durante a licença do senador José Maranhão (MDB), que está internado após ter sido diagnosticado com covid-19, fortalece indícios de que o senador Veneziano Vital (sem partido), seu filho, opte por escolher esta legenda. A previsão é que só anuncie o nome do partido no próximo dia 15 de janeiro. 

Questionado, se a ida da mãe para o Senado Federal era uma forte possibilidade de escolha pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Veneziano Vital apenas respondeu: "ainda indefinido". Em dezembro do ano passado, o senador paraibano anunciou sua saída do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e informou que até o dia 15 de janeiro anunciaria qual partido escolheria para se filiar. No PSB, do ex-governador Ricardo Coutinho, passou quase três anos filiado.

O retorno ao Senador Federal, após sua licença de 121 dias, será dia 21 de janeiro. Nesta sexta-feira (08), a ex-deputada e suplente do senador José Maranhão, Nilda Gondim, anunciou que irá tirar a licença do emedebista que passa por tratamento após contrair coronavírus. Veneziano Vital já foi do MDB. Após sua saída do PSB, o ClickPB ouviu alguns representantes de partidos como o Cidadania, Podemos e MDB. Todos disseram que as portas estavam abertas para o senador. 



Compartilhe:


Outras Notícias

-