LUCÉLIO NA PMJP: ‘É no mínimo um deslize na moralidade. O prefeito infringe a própria lei’, diz Bruno Farias

08/01/2019

 O vereador de oposição Bruno Farias (PPS), falou em contato com a reportagem do Polêmica Paraíba nesta terça-feira (8), sobre a nomeação de Lucélio Cartaxo para o cargo de secretário chefe de Gabinete da PMJP. Segundo Farias, Luciano Cartaxo infringiu a lei ordinária 13.332 de 29 de dezembro de 2016, de autoria do próprio prefeito.

“É no mínimo um deslize na moralidade, afinal de contas o prefeito no final de 2016 após a vitória na reeleição, apresentou pousando de bom gestor e prefeito austero uma lei que proíbe a contratação de parentes para ocupar qualquer cargo, e logo após a derrota do maninho querido ele arruma um emprego e burla a própria lei, um deslize de natureza moral”.

Farias afirmou ainda que espera que a Procuradoria Geral do Município se pronuncie sobre o ato de Luciano Cartaxo. “É preciso que as autoridades possam se debruçar sobre essa decisão e que a Procuradoria tome as devidas providências e investigue essa infração do prefeito a própria lei municipal”.

Leia a opinião do vereador na íntegra:

VEM CÁ…quer dizer que aquela Lei, que Cartaxo enviou para a CMJP a pretexto de combater o nepotismo, vale pra todo mundo, mas não vale para o maninho querido?

Pois é…no fim de 2016, o Prefeito Luciano Cartaxo, querendo posar de gestor moderno e austero, sancionou a Lei Nº 13.332, de 29 de dezembro de 2016, iniciativa de sua própria autoria, que proibiu a contratação e o exercício de cargo em comissão ou de função gratificada por cônjuge, companheiro ou parente, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, do Prefeito, Vice-Prefeito, dos Secretários Municipais e dirigentes de autarquias.

Com a derrota do maninho para o Governo do Estado, todo o discurso de Cartaxo de combate ao nepotismo cai por terra, ao nomear Lucélio para ser Secretário Municipal. A não ser que, para Luciano, exista nepotismo em toda família pessoense, exceto na ilustre Família Cartaxo Pires de Sá.

Em meio a todo esse “familismo” que tomou conta da PMJP, agora é que estou entendendo aquele slogan da campanha de Lucélio para o Governo do Estado: “Trabalho e Coragem”. Realmente, é preciso muita coragem para o sujeito apresentar e sancionar uma Lei que combate o nepotismo, e burlar a sua própria lei para arrumar um emprego para o irmão gêmeo. IRMÃOS CORAGEM!!!

Vá dormir com uma dessas…

#lambaqueédemanga

Capturarui - LUCÉLIO NA PMJP: ‘É no mínimo um deslize na moralidade. O prefeito infringe a própria lei’, diz Bruno Farias

 

 

 




Outras Notícias