VEJA VÍDEO: Em live no Facebook, Bolsonaro chora, fala em Haddad soltar Lula e em fraude na eleição

16/09/2018

 O deputado e candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), fez um pronunciamento a seus seguidores, no final da tarde deste domingo (16), através de uma live no Facbook. Ele falou sobre o atentado à faca sofrido por ele na quinta-feira (06), agradeceu o apoio de seguidores e da equipe médica, colocou o voto eletrônico sob suspeita e fez críticas ao PT, ao ex-presidente Lula e à ex-presidente Dilma.

Agradecimento

Bolsonaro se emocionou no início da transmissão ao vivo. Ele agradeceu aos seguidores pelas orações e aos médicos pelo atendimento recebido na Santa Casa e no Hospital Albert Einstein.

Atentado

O deputado disse que, ao sofrer o atentando, achou que tivesse sido atingido por um murro no estômago. Ele também agradeceu aos policiais federais que o conduziram ao hospital e falou sobre o procedimento cirúrgico. O parlamentar chorou antes de dizer que perdeu dois litros de sangue após o ferimento.

Eleições

Em seguida, o deputado falou sobre o futuro do país. ‘Isso no Brasil é o jogo do poder, é o domínio de uma nação’, disse. Em seguida, ele falou sobre a história do PT e passou a fazer críticas ao partido. Bolsonaro fez duras críticas ao ex-presidente Lula, a quem chamou de ‘presidiário’, e disse que o ex-presidente tem um plano ideológico para colocar a esquerda de volta no poder.

‘Se coloquem no lugar do presidiário, que está em Curitiba, com toda sua popularidade, toda sua possível riqueza, com todo o seu tráfico junto a ditaduras do mundo todo, que se auto-apoiam. Você aceitaria passivamente ir para a cadeia? Bem, se você não tentou fugir, é obviamente porque você não tem o plano B. E qual é o plano B desse homem, pobre lá atrás, e que roubou todas as nossas esperanças? Eu não consigo pensar em outra coisa, a não ser uma fraude [nas eleições]’, opinou.

Leia Também:   Conheça o aplicativo que elimina propaganda eleitoral no Facebook

Voto impresso

O deputado afirmou que se esforçou muito junto aos deputados para aprovar o projeto do ‘voto impresso’ e criticou a oposição feita contra o projeto. ‘O PT descobriu o caminho para o poder, que é o voto eletrônico. Lamentavelmente, o STF acolheu uma ação da senhora Raquel Dodge contra o voto impresso. Não temos qualquer garantia nas eleições’, disse.

Jornalistas

Bolsonaro também se dirigiu aos jornalistas e disse que ninguém tem mais consideração pela classe do que ele. O candidato afirmou que, se o PT voltar ao poder, vai tirar a liberdade de imprensa dos jornalistas.

Segundo turno

O parlamentar afirmou que é concreta a possibilidade de fraude no primeiro e no segundo turnos da eleição e pediu a deputados federais para se atentarem a esse assunto.

Haddad

Antes de encerrar a live, Bolsonaro afirmou que se Haddad vencer a eleição, concederá indulto ao ex-presidente Lula e o nomeará como chefe da Casa Civil.

Despedida

No final do vídeo, Bolsonaro fez novamente agradecimentos a Deus, à família e aos apoiadores, e chorou. A live foi assistida por 2,2 milhões de pessoas e teve 226 mil compartilhamentos até às 18h do domingo.

 

 

Fonte: Polêmica Paraíba




Outras Notícias