Estudantes de Campina criam aplicativo para mulher frequentar qualquer lugar com segurança

15/06/2017

 

(Foto: Ilustração/Mundo Zoom)

Um grupo de estudantes universitárias de Campina Grande criou um aplicativo que permite o compartilhamento de indicações e avaliações de lugares, médicos, restaurantes, bares “e qualquer outro que a mulher necessite frequentar ou utilizar serviços onde possa, principalmente, sentir-se segura”.

 

Segundo Larissa Dantas, aluna de Ciência da Computação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e uma das idealizadoras do aplicativo, através dessa ferramenta qualquer mulher pode adicionar ao celular recursos para avaliar, buscar e comentar sobre os espaços que frequentam como serviços médicos ou de entretenimento, por exemplo.

Larissa faz parte de um dos dois grupos de alunos e alunas das universidades públicas de Campina Grande (UEPB e UFCG) que estão na final de um concurso internacional de aplicativos, que será disputada em julho próximo, em data ainda a ser anunciada.

O grupo de Larissa, o Girl Power, é formado ainda por Lisley Uchoa, do curso de Engenharia Elétrica, e Rayane Navarro, do curso de Design, ambas da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

Eles são finalistas do concurso global IEEEmadC (Mobile Application Development Contest), que envolve estudantes de todo o mundo na disputa, com o objetivo de encorajá-los a desenvolver aplicativos móveis usando a tecnologia em benefício da humanidade.

A primeira fase do desafio foi constituída da submissão da descrição acerca do aplicativo que cada grupo busca desenvolver. O Girl Power foi classificado para a etapa de desenvolvimento dos aplicativos e está concorrendo a prêmios de até 3 mil dólares.

A outra equipe paraibana na competição é a DEAR, formada pelos estudantes Alison Candido, Matheus Guerra e Taís Lima, todos estudantes de Engenharia Elétrica da UFCG. Os grupos contam com o auxílio da representante estudantil Milena Arruda, presidente do Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE) – WIE UFCG.

O IEEE é maior organização do mundo dedicada à tecnologia em benefício da humanidade e conta com o Grupo de Afinidade Women in Engineering (WIE) que busca incentivar e encorajar mulheres a seguirem carreiras nas áreas de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

  • Com informações e texto da Assessoria de Comunicação da UEPB



Outras Notícias