Criança hostilizada em jogo do Santos diz que teve medo de morrer

Por Redação Por Redação - 14/11/2021 20:07
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 O garoto Bruninho, de apenas nove anos, tornou-se a personalidade da semana no futebol brasileiro. Isso depois de o jovem torcedor do Santos ser hostilizado com a família após receber a camisa do goleiro Jailson, do Palmeiras, após vitória do Alviverde em plena Vila Belmiro. Passado o episódio lamentável, Bruninho contou que teve medo de morrer.

Depois de ganhar camisas de vários clubes do Brasil e até mesmo ser convidado para visitar um treino e assistir a um jogo da Seleção Brasileira, Bruninho contou que temeu por sua vida e de seus familiares.

 

“Naquela hora eu senti muito medo de morrer. Por que eles estavam falando ‘pega o pai dele’, ‘pega a bolsa’. Eles ficaram cuspindo na gente e xingando a gente com palavrões pesados”, disse, em entrevista ao Esporte Espetacular deste domingo (14/11).

Em contrapartida, o garoto agradeceu o carinho que vem recebendo de várias personalidades e clubes de futebol. Inclusive de Neymar. “Foi uma semana muito agitada, com muitas entrevistas. Adorei conhecer o Neymar e os jogadores da seleção. O Neymar é uma ótima pessoa, ele é humilde, joga pra caramba”, disse o menino.

 



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Conheça um pouco mais do perfil da paraibana que está no BBB-22 da Globo

  • Bebê de 4 meses diagnosticada com covid-19 morre em hospital

  • CANÇÃO VAZOU - Ouça trecho da música de Marília Mendonça e Naiara Azevedo juntas

avançar voltar