Abrasel pede que pessoas andem com cartão de vacinação para acessar restaurantes na Paraíba: para que não se privem do lazer

Por Redação Por Redação - 02/12/2021 19:43
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) na Paraíba, Arthur Lira, informou que esteve reunido com a Vigilância Sanitária e o setor de eventos para discutir a implantação da exigência do ‘passaporte da vacina‘ nos estabelecimentos do estado. Ele disse que a Vigilância vai começar a fiscalizar, na segunda-feira (6), os locais onde deve ser exigido o ‘passaporte‘ que comprove a vacinação dos frequentadores para acesso aos bares, restaurantes e casas de shows e eventos.

"A Vigilância Sanitária, efetivamente a partir de segunda-feira (6), vai estar com as fiscalizações. Pedimos um pequeno prazo, não só por causa de alguns pequenos ajustes em alguns estabelecimentos, mas também para que a população ajude. Fica aqui o pedido da Abrasel-PB para que a população ande com seu cartão vacinal, usem os aplicativos (de comprovante de vacinação), tirem o ‘print‘, ou levem o cartão junto com a carteira de identidade", pediu o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) na Paraíba.

Arthur Lira lembra que é um momento de retomada, ainda difícil para o setor. "Pedimos que as pessoas andem com seus cartões vacinais porque é um momento difícil para o setor e para que não percamos clientes, para que as pessoas não se privem também do lazer."

Ainda segundo o presidente da Abrasel-PB, há expectativa de ampliar a ocupação nos salões dos restaurantes e bares em 100% da capacidade, assim como já acontecerá com os shows. "Saímos também com expectativa positiva, pois, pelo cronograma, possível possibilidade de os eventos estarem, a partir do dia 21 de dezembro com seus 100% de público, então assim também temos uma possibilidade de no dia 21 os restaurantes, bares, o setor de alimentação, após dois anos, termos 100% dos nossos salões, uma vez que só vão estar entrando os vacinados, comprovados, então trabalhar no mesmo peso e medida."



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Misericórdia! Vereador paraibano mostra o "cipó" em grupo de Whatsapp e diz que foi alvo de "brincadeira dos meninos"

  • ORÇAMENTO SECRETO - Família Ribeiro mantém influência em alta mesmo sem abraçar o governo Bolsonaro

  • ELEIÇÕES 2022 - Cícero Lucena diz que Plano B no Progressistas não está em pauta e acredita na aliança com João Azevêdo

avançar voltar