João Azevêdo vai propor incorporação, aos poucos, da bolsa desempenho dos policiais e bombeiros

Por Roberto Notícias Por Roberto Notícias - 03/01/2022 19:32
Foto Reprodução -  Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

O governador João Azevêdo (Cidadania) afirmou, nesta segunda-feira (3), que o governo vai propor incorporação, aos poucos, da bolsa desempenho dos policiais e bombeiros militares ao salário, para que quando eles se aposentem não tenham tanta perda salarial. A proposta vai ser apresentara nesta terça-feira (4), durante um encontro entre o governador e lideranças dos policiais e bombeiros.

“Importante esclarecer já que tratamos com muita transparência dessas ações. A lei federal obrigou os estados a aprovar suas leis estaduais de proteção dos militares. Infelizmente, muitos se aproveitaram desse debate, dizendo que a lei estaria retirando direitos de quem está na ativa e também colocaram na pauta a discussão de salários. Salário é o que nós vamos discutir amanhã com aquelas associações que representam legitimamente os militares”, disse o governador.

Leia mais notícias no Portal 1001 Notícias. 

Acesse: www.1001noticias.com.br

http://www.radiozonasulfm.com

http://www.roberto.1001noticias.com.br

http://www.tv1001noticias.com.br/  

Siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88  

 

@1001noticias.com.br - @roberto1001noticias @jornalismo - @noticia - @robertonoticia 



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Misericórdia! Vereador paraibano mostra o "cipó" em grupo de Whatsapp e diz que foi alvo de "brincadeira dos meninos"

  • ORÇAMENTO SECRETO - Família Ribeiro mantém influência em alta mesmo sem abraçar o governo Bolsonaro

  • ELEIÇÕES 2022 - Cícero Lucena diz que Plano B no Progressistas não está em pauta e acredita na aliança com João Azevêdo

avançar voltar