PESQUISA - Preço do peixe tem variação de até R$ 30 em mercados públicos de João Pessoa

26/03/2021
A maior diferença ficou com o quilo da patola
A maior diferença ficou com o quilo da patola

 Para ajudar o consumidor a economizar nas compras dos produtos específicos para a Semana Santa, a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) realizou, nesta sexta-feira (26), pesquisa de preços para peixes e frutos do mar. A maior diferença ficou com o quilo da patola, R$ 30,00, com preços entre R$ 50,00 (Mercado Central) e R$ 80,00 (Mercado de Peixe de Tambaú), o que representa uma variação de 60%.

Ainda segundo a pesquisa, a maior variação ficou com o quilo do marisco, 92,31%, com os preços oscilando entre R$ 13,00 (Mercado Público da Torre) e R$ 25,00 (Mercado de Peixe de Tambaú), diferença de R$ 12,00. Foram pesquisados 60 itens, entre filé de peixe, peixe inteiro com cabeça, peixe em posta, camarão cinza pequeno, médio e grande, além de frutos do mar, em 14 estabelecimentos dos mercados públicos da Capital.

O secretário Rougger Guerra chama a atenção do consumidor para as diferenças nos preços e aconselha que consulte a pesquisa antes de comprar o pescado porque a diferença significa uma boa economia no orçamento. “Deve-se também ficar atento à qualidade do peixe ou do fruto do mar já que se trata de um produto bem perecível. Oriento, ainda, que a pessoa deve evitar os locais com aglomeração, além de usar máscara e tomar as medidas sanitárias de prevenção ao Coronavírus”. 

Outras diferenças

O levantamento de preço realizado pelo Procon-JP constatou outras grandes diferenças para um mesmo produto, como é o caso do quilo da carne de caranguejo, R$23,00, com preços entre R$ 37,00 (Mercado da Torre) e R$ 60,00 (Mercado de Peixe de Tambaú); do peixe Garoupa, R$22,00, com preços entre R$ 48,00 (Mercado de Peixe de Tambaú) e R$ 70,00 (Mercado de Peixe de Tambaú); do salmão, R$ 20,00, com preços entre R$ 55,00 (Mercado da Torre) e R$ R$ 75,00 (Mercado de Peixe de Tambaú); da ostra, R$ 20,00, com preços entre R$ 30,00 (Mercado Central) e R$ 50,00 (Peixaria da Penha).

A pesquisa foi realizada nos seguintes estabelecimentos: Mercado de Peixe de Tambaú (boxes 4, 6, 8 e 9), Mercado da Torre (boxes Bom Jesus, Peixaria do Alex, do Acleuton e Box N. S. da Penha); Mercado Central (peixaria da Mônica, Zezinho do camarão, Lúcia do crustáceo); e na Vila dos Pescadores na Praia da Penha (boxes do Valdevino, Shalon e Dona Penha).

 

Leia mais notícias no portal 1001 Notícias. Acesse: www.1001noticias.com.br

http://www.1001noticiasfm.com/ http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/ no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.

Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia - Jornalista - DRT 4511/88

 



Compartilhe:


Outras Notícias

-

  • Juliette lamenta 500 mil mortes por Covid-19, cita drama familiar com a doença e acusa “negligência” do governo Bolsonaro

  • Anitta atualiza marquinha de biquini em viagem à República Dominicana

  • Juliette é criticada na web por aglomerar sem máscara com Carlinhos Maia: “Acabou a covid-19, né?” – VEJA VÍDEOS

avançar voltar