Programas do Procon-JP beneficiam 35,3 mil alunos e doam mais de 18 mil cestas básicas

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 29/01/2024 07:49
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de ComunicaçãoReceba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001no
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de ComunicaçãoReceba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001no

 O Programa Carteira Solidária, do Procon-JP, beneficiou 31.046 alunos do 5º ao 9º ano e do EJA regularmente matriculados na Rede Municipal de Ensino, com a Carteira de Identificação Estudantil (CIE) 2023, de forma totalmente gratuita. Quando esse número se soma ao dos estudantes contemplados nas versões 2021, 2022 e 2023 do Programa ‘Procon-JP vai às aulas’ sobe para 35.325 crianças e adolescentes beneficiados.

Mais um programa do Procon-JP que se destaca nos quesitos inclusão e solidariedade é o ‘Procon-JP Solidário’, que doou, só na versão 2023, mais de 8 mil cestas básicas a entidades sem fins lucrativos que trabalham com pessoas em estado de vulnerabilidade social em João Pessoa.

Lançado em março de 2021, o ‘Procon-JP Solidário’ entregou quase 10 mil cestas básicas em seu primeiro ano de existência às famílias que se encontravam em vulnerabilidade econômica durante a pandemia do Coronavírus.

Fogões – O secretário do Procon-JP, Rougger Guerra, chama a atenção para a versão 2022 do ‘Procon-JP Solidário’, que entregou 192 fogões novos às famílias contempladas com apartamentos no Residencial Vista Alegre (Colinas do Sul), programa habitacional da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Ele salienta que, ao se falar nos programas sociais, é necessário enfatizar as parcerias vitoriosas com outras secretarias municipais, a exemplo da entrega dos fogões e das cestas básicas que tiveram o apoio logístico das Secretarias de Desenvolvimento Social e da Habitação. “Já o Procon-JP vai às aulas conta com a parceria inestimável da Secretaria Municipal de Educação. Os programas sociais planejados pelo Procon-JP seguem as recomendações do prefeito Cícero Lucena de que todas as secretarias devem trabalhar, juntas, em prol da população pessoense”, ressaltou Rougger Guerra.

Como funciona – O Procon-JP Solidário é resultado da celebração de Termos de Ajustamentos de Condutas junto às empresas que transmutam as penalidades (multas) oriundas de processos administrativos em obrigação de doações às famílias economicamente vulnerável, seja de alimentos ou de bens de primeira necessidade.

Procon-JP vai às aulas – A terceira edição do ‘Procon-JP vai às aulas’ ampliou o número de vagas e, em 2023, atendeu 2.400 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II da Rede Municipal de Ensino e estudantes matriculados no Ciclo IV na modalidade EJA. O Programa oferece bolsa de ajuda de custo de R$ 700,00, paga em parcela única ao final do curso. Na versão 2022 foram contemplados 1.200 alunos e, em 2021, 679 alunos realizaram o curso.
Carteira Solidária – O Programa Carteira Solidária beneficiou 31.046 alunos do 5º ao 9º ano e do EJA da Rede Municipal de Ensino que forneceu gratuitamente a Carteira de Identificação Estudantil (CIE), numa parceria com a Secretaria Municipal de Educação, que realiza o cadastro estudantil na própria escola em que o aluno está matriculado.

Atendimentos do Procon-JP
Sede: Avenida Pedro I, 473, Tambiá
Recepção: 83 3213-4702
Instagram: @procon_jp
Procon-JP na sua mão: 83 98665-0179
WhatsApp Transporte público: 83 98873-9976



Compartilhe:


Outras Notícias


  • PREVISÃO DO TEMPO - João Pessoa registra chuva forte e trovões; meteorologia alerta para perigo

  • Federação rachada em João Pessoa: PSDB com Ruy Carneiro e Cidadania com Cícero Lucena

  • POSICIONAMENTO - Adriano Galdino diz respeitar opinião de João Azevêdo, mas não volta atrás em análise política sobre 2026: “Falo o que penso”

avançar voltar