Hospital Universitário realiza ação educativa no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

Por Redação Por Redação - 10/09/2021 14:58
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 Laços amarelos para lembrar que toda vida importa. Laços de afeto para reforçar o cuidado com o outro, principalmente quem, em algum momento, pensa na morte autoinfligida como alternativa. Neste 10 de setembro, é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Para marcar a data, o Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh) realizou uma ação educativa no ambulatório Professor Antônio Dias dos Santos. A iniciativa foi coordenada pela Gerência de Atenção à Saúde (GAS).

A programação ocorreu entre 8h e 9h, tendo como público-alvo não apenas os usuários e familiares, mas também os colaboradores da instituição. Conforme o médico psiquiatra Mário Vasconcelos, o dia 10 de setembro foi escolhido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma data especial para marcar a importância de se discutir o suicídio e, principalmente, formas de prevenção ao fenômeno, que hoje é considerado problema de saúde pública.

 

“Essa campanha educativa do HULW tem como objetivo informar a população a importância do tema, quebrar alguns tabus e ajudar no auxílio de pessoas em sofrimento mental”, explica o psiquiatra. Além de panfletos com orientações à população, também foram entregues broches com laços amarelos e balas. Um gesto simples, de carinho e atenção, mas que se traduz em alerta para um tema muito delicado, que precisa ser tratado com seriedade e não como tabu.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • ELEIÇÕES 2022 - Após conseguir vaga no STF, evangélicos querem vaga de vice de Bolsonaro

  • ELEIÇÕES 2022 - Consultor do 6Sigma defende pesquisa que dá vantagem a Bolsonaro: "retrata a realidade"; VEJA VÍDEO

  • ELEIÇÕES 2022 - Veneziano rebate João Azevêdo e cobra posição de pré-candidato: "Não seria eu a bater a porta do governador"

avançar voltar