OPERAÇÃO PÉS DE BARRO Prefeito de Uiraúna paga fiança e continua preso aguardando alvará de soltura

08/07/2020
João Bosco Carneiro Foto: Divulgação
João Bosco Carneiro Foto: Divulgação

 O prefeito de Uiraúna, João Bosco Nonato Fernandes, que foi afastado do cargo, pagou fiança de R$ 522,5 mil imposta pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas não foi solto até o final da manhã desta quarta-feira (8). O motivo seria a ausência da expedição do alvará de soltura por parte do STF.

O advogado de João Bosco, Fernando Erick de Carvalho, disse que que já peticionou a soltura do cliente mas como o Supremo está funcionando em regime de plantão, devido a pandemia do coronavírus, o alvará ainda não foi expedido.

Bosco Fernandes está preso desde 21 de dezembro de 2019 na Penitenciária de Segurança Média Dr. Hitler Cantalice, em Mangabeira. Ele foi preso no âmbito da Operação Pés de Barro, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga pagamento de propina fruto de valores superfaturados nas obras de construção da “Adutora Capivara”, no Sertão da Paraíba.

O caso teve repercussão nacional. João Bosco foi preso após receber dinheiro de um empresário e colocar a quantia escondida na cueca.

Leia mais notícias no  portal www.1001noticias.com.br

http://www.1001noticiasfm.com/  http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/  no Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11.   Instagram - https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88

 



Compartilhe:


Outras Notícias