João Pessoa já tem 45% dos postos fechados por falta de combustíveis

24/05/2018

 Cerca de 45% dos postos de João Pessoa já fecharam as portas sem nenhum tipo de combustível por causa da greve dos caminhoneiros. A informação é do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado da Paraíba (Sindipetro-PB). A tendência é de agravamento nas próximas horas com o fechamento dos estabelecimentos, assim como aconteceu em Campina Grande, onde todos 

suspenderam as atividades.

Leia também:

Dos 117 postos localizados na Capital, cerca de 90 estavam sofrendo com o desabastecimento até a publicação desta matéria. A fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor notificou, na manhã desta quinta-feira (24), 60 postos para que apresentem as cinco últimas notas fiscais de compra do produto e que justifiquem os últimos aumentos nas bombas.

A manifestação tem ocasionado reflexos em diversos setores e serviços, que utilizam as rodovias para o transporte de produtos. Além do desabastecimento de alguns produtos nos supermercados e dos combustíveis, o protesto diminuiu a frota de ônibus na Capital em 50% nesta quinta (24), além de instituições suspenderem aula por causa da falta dos combustíveis.




Outras Notícias