VOLTA ÀS AULAS - Neuropsicóloga explica a importância do acolhimento às crianças neste retorno

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 01/02/2024 21:09

 A volta às aulas das crianças é um momento significativo, pois a escola desempenha um papel primordial na primeira infância, período que, segundo especialistas, vai dos primeiros meses de vida aos seis anos. Para Anna Rúbia Pirôpo, neuropsicóloga e coordenadora do curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, o período é de grande relevância para as questões que aprimoram o neurodesenvolvimento e o desenvolvimento de habilidades sociais dos pequenos.


“É nesse momento que as crianças têm o contato com o meio físico e social, sendo uma fase decisiva na construção de vínculos afetivos que podem perpetuar durante toda a vida. Portanto, se torna papel essencial das escolas promover o acolhimento e ficar, principalmente, atenta às necessidades das crianças, promovendo sempre ao  diálogo e o afeto. Lembrando que a escola e o grupo familiar têm uma atuação conjunta, e dessa forma gera resultados positivos para a criança”, explica. 

Anna Rúbia Pirôpo reforça que os pais desempenham um papel crucial nesse contexto, pois são eles os responsáveis por conversar com as crianças sobre as mudanças na rotina, novos professores, colegas de classe ou qualquer alteração no ambiente escolar. “Pais devem ter essa participação ativa. Esteja atento às necessidades e preocupações das crianças e mantenha uma comunicação aberta com professores", sugere.
 

De acordo com a especialista, a afetividade é um aspecto crucial no desenvolvimento das crianças, pois as trocas na primeira infância, seja com familiares, colegas e até com professores são as primeiras relações dos pequenos. Portanto, a maneira como essas relações são cultivadas as ensinam a interagir socialmente, se comunicar com qualidade e a se desenvolver com empatia.  

 

“A afetividade refere-se à dimensão emocional e afetiva da experiência humana. É a capacidade de estabelecer, expressar e regular as ligações emocionais com outras pessoas de forma adequada. Lembrando, que a afetividade é um aspecto influenciado por fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, que variam de pessoa para pessoa conforme suas experiências”, explica.    

  

Por esse motivo, o cuidado é uma qualidade que deve se fazer presente em todas as ações nas escolas e, portanto, esse acolhimento é de total importância nesse retorno às aulas. Para Anna, existem ações que corroboram para a realização desse processo, que vão desde ouvir as crianças, valorizar suas ideias e opiniões, como também criar um ambiente de confiança e seguro para elas.  

 

“Promover a cooperação e o respeito entre os pequenos também é um caminho, seja por meio de jogos, brincadeiras e atividades lúdicas. Essas práticas são importantes para o desenvolvimento do afeto na sala de aula, sendo o educador o principal condutor para que essas atividades se concretizarem com eficácia. Repito, acolhimento é essencial”, enfatiza.   

 

Por fim, a neuropsicóloga destaca que as escolas devem valorizar a oportunidade de criar vínculos entre alunos e educadores, observando a evolução e/ou algum atraso no desenvolvimento e solicitando auxílio especializado, se necessário. 

Deiwerson Damasceno
deiwerson.santos@cogna.com.br
 (11) 98455-3620



Compartilhe:


Outras Notícias


  • PREVISÃO DO TEMPO - João Pessoa registra chuva forte e trovões; meteorologia alerta para perigo

  • Federação rachada em João Pessoa: PSDB com Ruy Carneiro e Cidadania com Cícero Lucena

  • POSICIONAMENTO - Adriano Galdino diz respeitar opinião de João Azevêdo, mas não volta atrás em análise política sobre 2026: “Falo o que penso”

avançar voltar