Lula reconhece vitória de Javier Milei, mas não cita nome do novo presidente

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 20/11/2023 09:51
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reconheceu a vitória do candidato de ultradireita Javier Milei nas eleições da Argentina, neste domingo (19/11), mas sem citar o nome do presidente eleito. Milei derrotou o candidato governista Sergio Massa, ministro da Economia que contava com o apoio do governo brasileiro.

“A democracia é a voz do povo, e ela deve ser sempre respeitada. Meus parabéns às instituições argentinas pela condução do processo eleitoral e ao povo argentino que participou da jornada eleitoral de forma ordeira e pacífica”, escreveu Lula na rede social X (antigo Twitter).

 

O presidente ainda disse: “Desejo boa sorte e êxito ao novo governo. A Argentina é um grande país e merece todo o nosso respeito. O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos”.

Em entrevista recente, depois do primeiro turno das eleições argentinas, ocorridas no dia 22 de outubro, Milei chamou Lula de corrupto e disse que não se encontraria com ele caso eleito. No decorrer da disputa eleitoral, havia um receio por parte do governo brasileiro sobre como ficaria a diplomacia caso Milei vencesse — o que, de fato, ocorreu.

Após o primeiro turno, o bom desempenho de Massa foi elogiado por ministros e aliados do presidente Lula. O ministro-chefe da da Secretaria de Comunicação Social (Secom), por exemplo, publicou uma foto ao lado de Massa o parabenizando na ocasião. “Uma forte resposta do povo Argentino nas urnas hoje”.

As pesquisas apontavam que os dois candidatos empatariam em cerca de 30% no primeiro turno. Enquanto Milei se manteve na média esperada, Massa superou, com 36,8%. Neste segundo turno, no entanto, os bons resultados do candidato governista não se mantiveram.

Milei virou na segunda etapa de maneira histórica e venceu por uma diferença de quase 12 pontos. Com 94,70% das urnas apuradas, o liberal está com 55,79% dos votos e peronista com 44,20%.

 



Compartilhe:


Outras Notícias