Com Neymar na torcida, Flamengo conta com noite iluminada de Luiz Araújo, bate Grêmio e volta à liderança do Brasileirão

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 14/06/2024 01:35
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 O Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 1, nesta quinta-feira (13), no Maracanã, pela 8ª rodada e retomou a liderança do Brasileirão.

Em noite iluminada, Luiz Araújo anotou os dois gols do Rubro-Negro, que contou com a presença de Neymar na torcida. Edenílson descontou para o tricolor gaúcho.

Com o resultado, a equipe de Tite chegou aos 17 pontos, um a mais do que o Botafogo, segundo colocado.

Essa foi a sexta vitória seguida do time da Gávea, com 18 gols marcados e apenas dois sofrido.

Por outro lado, o Grêmio amargou a terceira derrota consecutiva e tem um ponto a mais que o Criciúma, primeiro da zona de rebaixamento.

O jogo

O 1º tempo foi bastante travado no Maracanã. O Grêmio teve poucas chances no começo assim como o Flamengo, que ainda sofreu com as perdas por lesão de Everton Cebolinha e Igor Jesus. Só que foi justamente um dos substituídos que colocou o Rubro-Negro na frente pouco antes do intervalo.

Aos 41 minutos, Luiz Araújo acertou um bonito chute de fora da área para fazer 1 a 0 para a equipe carioca. O gol impressionou até mesmo NeymarO atacante do Al Hilal marcou presença no estádio um dia após publicar uma foto vestindo a camisa do Flamengo.

Em vantagem, o time carioca voltou melhor para o 2º tempo. Logo aos 6, Bruno Henrique driblou Kannemann e caiu. O árbitro marcou pênalti, mas voltou atrás após revisão do VAR.

O Flamengo seguiu em cima e quase fez o segundo com David Luiz, mas o zagueiro cabeceou no travessão. O tricolor gaúcho, por sua vez, continuou sem assustar.

Até que aos 23, Pedro encontrou Luiz Araújo. O camisa 7 dominou e chutou no cantinho para ampliar a vantagem rubro-negra, aos 22.

O Grêmio demorou para reagir e só assustou mesmo aos 35, quando Reinaldo cruzou, e Rossi defendeu.

Por outro lado, a equipe carioca tirou o pé do acelerador e ainda assim, poderia ter feito o terceiro com Pedro se não fosse uma grande defesa de Rafael Cabral já no fim.

No último lance, Edenílson, de cabeça, fez o gol de honra do Grêmio.

 



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Deputado Ruy Carneiro volta a atacar juiz responsável por sua condenação no Caso Desk

  • Curral de Cima promove a 15ª Cavalgada em Defesa do Meio Ambiente no dia 28 de julho

  • RECONHECIMENTO - “É muito bom fazer parte de um governo que vem trabalhado pela Paraíba”, diz Lucas Ribeiro

avançar voltar