Prefeito de Guarabira é investigado por reintegrar servidor demitido após ‘negociação’

09/06/2021
Foto: Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução/Divulgação

 O prefeito de Guarabira, Marcus Diôgo (PSDB), está sendo investigado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por recontratar um servidor que foi demitido após Processo Administrativo Disciplinar.

De acordo com o denunciante, a reintegração do servidor Roberto Rudney Bezerra de Araújo se deu a após negociações políticas com Marcus Diôgo, que era vice-prefeito de Zenóbio Toscano na época.

A promotora Andréa Bezerra Pequeno de Alustau, da 4ª Promotoria de Justiça de Guarabira, responsável pelo caso, irá apurar supostas irregularidades na reintegração do servidor. A Prefeitura de Guarabira tem o prazo de 15 dias para apresentar cópia das fichas financeiras e de todas as folhas de frequência do servidor até outubro de 2016.Oficiada pelo MPPB, a Prefeitura de Guarabira apresentou cópia do Processo Administrativo Disciplinar que culminou na pena de demissão ao servidor e em sua posterior reintegração ao cargo.

Confira o documento:

 

 

 

Leia mais notícias no Portal 1001 Notícias. 

Acesse: www.1001noticias.com.br

http://www.1001noticiasfm.com

http://www.1001noticias.com.br/blog/

http://www.tv1001noticias.com.br/  no 

Youtube e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos.

Você também pode enviar informações à Redação do Portal 1001 Noticias pelo WhatsApp (83) 9 88 66 - 50 11

Instagram https://www.instagram.com/portal1001noticias/

Roberto Noticia  -  Jornalista -  DRT 4511/88     



Compartilhe:


Outras Notícias

-

  • Juliette lamenta 500 mil mortes por Covid-19, cita drama familiar com a doença e acusa “negligência” do governo Bolsonaro

  • Anitta atualiza marquinha de biquini em viagem à República Dominicana

  • Juliette é criticada na web por aglomerar sem máscara com Carlinhos Maia: “Acabou a covid-19, né?” – VEJA VÍDEOS

avançar voltar