STJ - Janja pressionou relator do caso Robinho para que jogador fosse preso

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 01/04/2024 18:20
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 Às vésperas do julgamento de Robinho, Janja entrou em campo. Ligou para o relator do caso no STJ, Francisco Falcão, para pressioná-lo. No fim das contas, o voto do ministro estava em sintonia com os desejos de Janja, ou seja, que o ex-jogador cumprisse no Brasil a pena de nove anos a que foi condenado na Itália por estupro.

Os interesses de Janja no Judiciário não param neste caso. Ela também tem trabalhado nas cortes superiores para algumas indicações de juízes na Justiça Federal. Uma das duas vagas abertas no TRF de São Paulo para serem preenchidas por advogados tem recebido especial atenção da primeira-dama.

O Globo



Compartilhe:


Outras Notícias


  • PREVISÃO DO TEMPO - João Pessoa registra chuva forte e trovões; meteorologia alerta para perigo

  • Federação rachada em João Pessoa: PSDB com Ruy Carneiro e Cidadania com Cícero Lucena

  • POSICIONAMENTO - Adriano Galdino diz respeitar opinião de João Azevêdo, mas não volta atrás em análise política sobre 2026: “Falo o que penso”

avançar voltar