Hospital da Paraíba diz que estado emocional de familiares impediu reconhecimento de corpos de vítimas de Covid-19 e estabelece protocolos mais rigorosos

11/06/2021
Foto Reprodução
Foto Reprodução

 Após a troca de corpos, o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, na Região Metropolitana de João Pessoa, por meio de nota, que o estado emocional de familiares impediu o reconhecimento correto de corpos de vítimas de Covid-19 na Paraíba. Por conta disso, a unidade de saúde afirmou ainda que adotou protocolos mais rigorosos. 

O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires confirmou que a troca de corpos foi registrada na última segunda-feira (07) e envolveu duas pacientes que morreram em decorrência de complicações da Covid-19. A unidade de saúde garante cumprimento dos protocolos.

"Seguindo o Protocolo de Reconhecimento, dois familiares de uma das vítimas, se dirigiram até o necrotério da instituição e no local, após visualização, afirmaram ser o parente, e por esse motivo, houve a liberação do corpo", diz a nota. Além disso, informou ainda que após ser consultada pela outra família detectou da troca. "Ficou claro que o estado emocional dos parentes, impediu o correto reconhecimento", pontua.

O Hospital disse ainda que foi prestada assistência a ambas famílias e que medidas administrativas estão sendo tomadas. As duas famílias já conseguiram enterrar corretamente suas parentes. "Lamentamos profundamente o ocorrido, nos solidarizamos às famílias, e ressaltamos que estabelecemos protocolos mais rigorosos, para que situações como essas não tornem a repetir", finaliza. 

 



Compartilhe:


Outras Notícias

-

  • Juliette lamenta 500 mil mortes por Covid-19, cita drama familiar com a doença e acusa “negligência” do governo Bolsonaro

  • Anitta atualiza marquinha de biquini em viagem à República Dominicana

  • Juliette é criticada na web por aglomerar sem máscara com Carlinhos Maia: “Acabou a covid-19, né?” – VEJA VÍDEOS

avançar voltar