MANIFESTAÇÃO NACIONAL - Servidores da Polícia Federal na Paraíba protestam contra defasagem salarial

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 16/11/2023 22:09
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 Os servidores da Polícia Federal na Paraíba se reuniram nesta quinta-feira (16) em um encontro para expressar preocupação e insatisfação diante da defasagem salarial enfrentada pelo órgão. Segundo os organizadores, a reunião foi um momento importante para destacar os desafios enfrentados pelos profissionais da PF, cujos vencimentos não têm acompanhado devidamente a evolução das responsabilidades e do contexto socioeconômico atuais.

A categoria, composta por delegados, agentes, papiloscopistas, escrivães, peritos e servidores administrativos, uniu-se em manifestações que ocorreram em todas as unidades da PF do Brasil.

O encontro, que coincidiu com o Dia do Policial Federal, trouxe à tona uma preocupação ainda mais intensa, revelando um sentimento de insatisfação em um momento que, em teoria, deveria ser de comemoração.

O principal ponto de destaque nas manifestações foi a busca por atenção para a defasagem salarial, considerada crítica pelos profissionais. Eles argumentam que essa situação não apenas impacta suas condições de trabalho, mas também compromete a qualidade dos serviços prestados à sociedade. A falta de um reajuste adequado ao longo do tempo tem gerado um descontentamento generalizado.

Manifestações pelo país

As manifestações desta quinta-feira são o segundo ato nacional organizado pela Polícia Federal a favor da reestruturação das carreiras da corporação. O primeiro foi realizado no final de outubro.

As mobilizações acontecem nas superintendências da Polícia Federal em todo o país. Em Brasília, a manifestação saiu da sede da PF até o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A mobilização também conta desde o início da semana com inserções na TV, rádio e outdoor, e irão até dia 17 de novembro.

“Essa não é uma reivindicação classista, é uma proposta da Polícia Federal. O que estamos vendo é um descaso do Ministério da Gestão e da Inovação com a direção da PF e com o ministro da Justiça, porque a proposta já está com eles há meses e todas as reuniões são proteladas. É preciso acabar com esse desrespeito com os servidores e com a própria Direção da PF. Uma polícia desvalorizada é uma sociedade desprotegida. Chega de marketing e mais valorização da PF”, afirma o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Luciano Leiro.

A expectativa é que no próximo dia 28 de novembro ocorra uma reunião entre o Ministério, Polícia Federal, entidades de classe e Ministério da Justiça e Segurança Pública. No dia seguinte (29), os policiais e servidores administrativos da PF vão participar de uma sessão solene na Câmara dos Deputados, em Brasília, alusiva ao Dia da Polícia Federal, onde também será realizado um ato a favor da reestruturação das carreiras.

 Receba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado!

CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY

INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001noticias/?hl=pt-br

Dúvidas, Críticas, Sujestões? Fale com a gente! Ligue (83) 9 88 66 - 50 11.

Email - redacão1001noticias@gmail.com

Roberto Notícia - Jornalista - DRT 4511/80.

 


Compartilhe:


Outras Notícias


  • BOA VENTURA - Auditores do TCE-PB abrem cofre em busca de R$ 500 mil, mas só acham R$ 0,05

  • MILIONÁRIO - 15 milhões; o mais caro São João do mundo começa hoje em Santa Rita desafiando TCE e MP

  • Cícero Lucena anuncia aumento da frota de ônibus em João Pessoa

avançar voltar