Guerra entre Israel e Hamas deve continuar até o final do ano, diz conselheiro de segurança nacional

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 30/05/2024 16:14
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 O Conselheiro de Segurança Nacional de Israel Tzachi Hanegb admitiu, na quarta-feira (29), que a guerra travada contra o grupo terrorista Hamas deve continuar até o final do ano.

Segundo Hanegb, militares já controlam 75% da fronteira do território palestino com o Egito. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas), mais de 1 milhão de pessoas já deixaram a cidade de Rafah — para onde grande parte da população da Faixa de Gaza havia fugido desde o início do conflito.

Esta foi a primeira vez que o governo israelense deu alguma perspectiva sobre a duração da guerra. No fim de abril, ao reafirmar que seu Exército entraria em Rafah, no extremo sul de Gaza, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, sugeriu que a conquista da cidade seria a etapa final da guerra.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Deputado Ruy Carneiro volta a atacar juiz responsável por sua condenação no Caso Desk

  • Curral de Cima promove a 15ª Cavalgada em Defesa do Meio Ambiente no dia 28 de julho

  • RECONHECIMENTO - “É muito bom fazer parte de um governo que vem trabalhado pela Paraíba”, diz Lucas Ribeiro

avançar voltar