ELEIÇÕES 2024 - Mesário ganha dinheiro? TSE ajuda com R$ 60 e outros benefícios

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 10/07/2024 01:39
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de ComunicaçãoReceba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001no
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de ComunicaçãoReceba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001no

 Com a proximidade das eleições municipais, urge a necessidade da convocação de mesários para trabalharem nos dias de votação. Ao longo desse ciclo, há uma mobilização nacional dos tribunais eleitorais para o chamamento dos voluntários. Por outro lado, muitos se questionam sobre possíveis retornos financeiros e demais vantagens ao cidadão inscrito.

De início, destaca-se que o trabalho não é remunerado, mas o mesário, para o pleito de 2024, receberá um auxílio-alimentação de R$ 60. A ajuda de custo também se estende às equipes de apoio logístico que atuam no dia da eleição.

A Justiça Eleitoral também concede outros benefícios a quem atuar como mesário, a exemplo da concessão de dois dias de folga no trabalho. Em casos de concursos públicos, a atividade se torna critério de desempate e pode isentar os candidatos em provas de vários municípios. Veja mais vantagens abaixo:

  • dispensa do trabalho pelo dobro dos dias de convocação, sem prejuízo de salário, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral;
  • o exercício das atividades de mesário será considerado como critério de desempate em concurso público, desde que haja previsão no referido edital;
  • algumas cidades possuem leis que garantem aos mesários a isenção de taxa para concursos públicos municipais;
  • quanto aos servidores públicos, o exercício das atividades de mesário será considerado como critério de desempate, em caso de promoção;
  • algumas instituições de ensino superior firmaram convênio com o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) para o reconhecimento do tempo de serviço prestado à Justiça Eleitoral como atividade extracurricular.

Capacitação e treinamento

A Justiça Eleitoral também oferece capacitação para os mesários, com treinamentos presenciais e a distância. Entre as abordagens das aulas, a organização e a preparação da seção eleitoral, o funcionamento da urna eletrônica e os documentos exigidos no dia do pleito. Ao final do curso, os voluntários recebem um certificado.

Quem pode ser mesário?

Qualquer pessoa maior de 18 anos e que esteja em situação regular com a Justiça Eleitoral pode trabalhar como mesário, exceto os candidatos que concorrem a um cargo na referida eleição. Para se inscrever, basta estar com a situação eleitoral regularizada.

Após se inscrever para atuar como mesário, a pessoa passa a fazer parte de uma lista. Assim, quando houver necessidade, quem se candidatou será convocado pela respectiva zona eleitoral.

Quase 2 milhões em 2022

Nas eleições de 2022, os números impressionaram. Quase 1,9 milhão de mesários atuaram em todo o país. Desse total, 893 mil foram voluntários, o que correspondeu a 47% dos convocados.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Deputado Ruy Carneiro volta a atacar juiz responsável por sua condenação no Caso Desk

  • Curral de Cima promove a 15ª Cavalgada em Defesa do Meio Ambiente no dia 28 de julho

  • RECONHECIMENTO - “É muito bom fazer parte de um governo que vem trabalhado pela Paraíba”, diz Lucas Ribeiro

avançar voltar