Gaeco desencadeia operação e cumpre mandados contra lideranças comunitárias envolvidas com fações criminosas

Por Roberto Notícias Por Roberto Notícias - 30/11/2023 13:12
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público da Paraíba (MPPB), desencadeou nesta quinta-feira (30) a operação Hemera, que visa o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra lideranças comunitárias ligadas a grupos criminosos. A ação é feita em conjunto com a Polícia Civil e a Polícia Militar, com autorização do Tribunal de Justiça da Paraíba. A iniciativa Tribunal de Justiça da Paraíba. O grupo, de acordo com MPPB, estaria envolvido em uma série de delitos.

A operação visa responsabilizar os suspeitos por uma gama de crimes, incluindo estelionato (art. 171, § 2º, I, CP), falsidade ideológica (art. 299, CP), invasão de propriedade (art. 161 do Código Penal), furto de energia (art. 1º, § 1º, da Lei nº 12.850/2013), constituição e integração de organização criminosa (art. 2º, caput da Lei 12.850/13), além de outros crimes conexos.

“Muitos destes também se introjetam nos ambientes públicos, através dos seus padrinhos políticos, que em razão desta simbiose, com facções, com movimentos sociais, pretendem que eles tenham bases e que aí então se perpetuem no poder. O que é extremamente grave. O que está acontecendo é extremamente grave. E estas áreas com domínio territorial são infelizmente recorrentes e revelam a putrefação do Estado”, disse o coordenador do Gaeco, Octávio Paulo Neto, se referindo à suposta relação dos suspeitos com o poder público de “simbiose espúria e criminosa”.

Investigações apontam que os delitos são perpetrados por um grupo que se disfarça sob a fachada de liderança social, utilizando-se de bandeiras legítimas para estabelecer alianças com facções criminosas. O objetivo é invadir territórios, tanto públicos quanto privados, desalojando moradores e angariando recursos financeiros através de atividades ilícitas, promovendo assim a expansão e fortalecimento de seu domínio territorial.

No total, estão sendo executados seis mandados judiciais de busca e apreensão na cidade de João Pessoa-PB. A operação mobiliza 15 equipes formadas por integrantes do Gaeco, PMPB e PCPB, totalizando aproximadamente 58 agentes de segurança pública empenhados nesta ação de combate ao crime organizado. Mais informações poderão ser dadas pelos órgãos caso haja necessidade de informar a população sobre a ação conjunta.

Receba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado!

CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY

INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001noticias/?hl=pt-br

Dúvidas, Críticas, Sujestões? Fale com a gente! Ligue (83) 9 88 66 - 50 11.

Email - redacão1001noticias@gmail.com

Roberto Notícia - Jornalista - DRT 4511/80.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Prefeita Dalva Lucena, de Lagoa Seca desiste de disputar reeleição nas eleições de 2024

  • ELEIÇÕES 2024 - Após deixar PSDB, Léa Toscano se reúne com Veneziano na sede do MDB

  • Secretário Thiago Diniz desiste de pré-candidatura à Câmara de João Pessoa e vai permanecer na PMJP

avançar voltar