Esquerda supreende, vence eleição na França e derrota extrema-direita no segundo turno

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 07/07/2024 17:39
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 A coalizão de esquerda da França, Nova Frente Popular, ganhou o maior número de cadeiras no segundo turno das eleições parlamentares, disseram os principais institutos de pesquisa neste domingo (7), colocando-os no caminho para uma vitória inesperada sobre o partido de extrema-direita Reagrupamento Nacional (RN), mas sem atingir a maioria absoluta no parlamento.

Uma estimativa da IFOP para a emissora TF1 disse que a Nova Frente Popular poderia ganhar 180-215 assentos no parlamento no segundo turno, enquanto uma pesquisa da Ipsos para a France TV projetou 172-215 assentos para o bloco de esquerda.

Uma pesquisa da Opinionway para a C News TV disse que a Nova Frente Popular ganharia 180-210 assentos, enquanto uma pesquisa da Elabe para a BFM TV projetou um intervalo de 175-205 assentos para eles.

O bloco centrista do presidente Emmanuel Macron foi visto ligeiramente à frente do partido RN de Marine Le Pen na disputa pelo segundo lugar, de acordo com essas pesquisas.

São necessárias duzentas e oitenta e nove cadeiras para uma maioria absoluta na Assembleia Nacional, a câmara baixa do parlamento da França.

 


Compartilhe:


Outras Notícias


  • Deputado Ruy Carneiro volta a atacar juiz responsável por sua condenação no Caso Desk

  • Curral de Cima promove a 15ª Cavalgada em Defesa do Meio Ambiente no dia 28 de julho

  • RECONHECIMENTO - “É muito bom fazer parte de um governo que vem trabalhado pela Paraíba”, diz Lucas Ribeiro

avançar voltar