Golpista da Samsung: mulher teria aplicado golpes de R$ 300 mil com vendas falsas, em João Pessoa

Por Jacyara CristinaRedação Por Redação - 02/12/2023 21:27
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação
Foto Reprodução - Montagem: Sistema 1001 Notícias de Comunicação

 Uma ex-funcionária do centro de serviços da Samsung, supostos produtos com descontos para membros internos da gigante sul-coreana, milhares de reais em pagamentos recebidos por Pix e cartões de créditos, produtos não eram repassados aos compradores e nada de devoluções das cifras. Esse é o roteiro do caso que vem ficando conhecido como da “golpista paraibana da Samsung”, que gerou um prejuízo estimado em aproximadamente R$ 300 mil em mais de 50 paraibanos. 

Thatiana Cristina Rodrigues Campos, ou simplesmente Thatiana Rodrigues, teria aplicado golpes até mesmo em policiais, advogados e membros da comunidade religiosa que frequentava. Ela utilizava da confiança de pessoas próximas para realizar as supostas vendas. Suas vítimas eram quase sempre de seu convívio ou círculo social, quando muito distantes eram indicações dessas pessoas. Por isso o suposto golpe vinha obtendo sucesso.

Dois grupos de vítimas já se formaram no WhatsApp, em um deles o prejuízo chega a R$ 150 mil, no mais recente já ultrapassa R$ 116 mil. Outras vítimas também formam um grupo do mesmo local de trabalho e compraram aproximadamente R$ 30 mil com Thatiana.

Diversas vítimas já procuraram a Polícia Civil e prestaram Boletim de Ocorrência, outras já estudam uma ação coletiva contra Thatiana. Algumas vítimas, também vão acionar o Ministério Público da Paraíba (MPPB).

A “golpista da Samsung” vem fazendo vítimas, pelo menos, desde junho deste ano. Mais de 20 B.O.s já foram prestados contra ela. Até a própria autorizada da Samsung em João Pessoa registrou queixa contra Thatiana.

Paraíba Já ouviu diversas vítimas de Thatiana Rodrigues, que relataram como era a aproximação, as enrolações sobre entrega dos produtos e o que pretendem fazer contra a ex-funcionária da gigante sul-coreana. As vítimas não serão identificadas e vão receber nomes fictícios quando publicados os seus relatos.

Modus operandi

Thatiana Rodrigues era funcionária do Centro de Serviços da Samsung, popularmente conhecida como autorizada, em João Pessoa. Ela contatava pessoas próximas em encontros casuais, nas redes sociais ou via WhatsApp, oferecendo produtos da Samsung com descontos abaixo do mercado – até 50% de desconto – alegando ter benefícios por ser funcionária.

Ao abordar as vítimas, ela enviava uma planilha intitulada “Promofunc Day – Samsung Customer”, que comentava ser de uma ação interna da empresa, com produtos como:

 

  • Smartv 50 polegadas: R$ 1.399
  • Tablet Galaxy Tab S6 Lite: R$ 800
  • Smartphone Galaxy Z Flip: R$ 2.300
  • Ar-condicionado WindFree: R$ 900
  • Geladeira Evolution 385L: R$ 1.899
  • Smartwatch Galaxy Watch 6: R$ 1.200

Receba notícias do Portal 1001 Notícias no seu WhatsApp e fique bem informado!

CLIQUE AQUI: https://chat.whatsapp.com/Hemy9YcP49JEvzOrTfbDkY

INSTAGRAM - https://www.instagram.com/portal1001noticias/?hl=pt-br

Dúvidas, Críticas, Sujestões? Fale com a gente! Ligue (83) 9 88 66 - 50 11.

Email - redacão1001noticias@gmail.com

 

Roberto Notícia - Jornalista - DRT 4511/80.



Compartilhe:


Outras Notícias


  • Prefeita Dalva Lucena, de Lagoa Seca desiste de disputar reeleição nas eleições de 2024

  • ELEIÇÕES 2024 - Após deixar PSDB, Léa Toscano se reúne com Veneziano na sede do MDB

  • Secretário Thiago Diniz desiste de pré-candidatura à Câmara de João Pessoa e vai permanecer na PMJP

avançar voltar